Um estudo mostrou que grande parte dos consumidores da Califórnia estão adotando cada vez dietas mais saudáveis, e consequentemente, têm procurado o leite vegano ao invés de laticínios.

A pesquisa foi feita pela empresa internacional de pesquisa de mercado e análise de dados YouGov. Nela, mais de 30% das pessoas nomearam um leite de base vegetal como o seu favorito.

Entre eles, o leite de amêndoa provou ser a alternativa mais popular, com 17% de pessoas favoráveis. 5% votaram leite de coco e soja como número um, e aveia, arroz e leite de ervilha também receberam menções.

Dados apontaram que 41% dos moradores da Califórnia preferem comer alimentos orgânicos, enquanto a mesma quantidade concordou com a afirmação “Eu provavelmente como de forma mais saudável do que a maioria das pessoas”.

Uma crescente tendência

A popularidade dos leites vegetais tem sido demonstradas por diversas pesquisas recentes. De acordo com a empresa Mintel, as vendas de leite à base de vegetais cresceram 30% nos últimos três anos.

No mês passado, um estudo descobriu que metade dos americanos que compram laticínios também compram leite vegano. De acordo com a pesquisa, muitos estavam optando por ficar sem leite de vaca devido a preocupações com os riscos à saúde.

Vendas de leite vegetais cresceram 30% nos últimos três anos (Foto: Pixabay)

Os hormônios de crescimento e antibióticos usados ​​na produção, e o teor de gordura saturada do leite convencional, foram algumas das preocupações apontadas.

Especialistas previram que as preocupações como essas com a saúde aumentarão o mercado de alternativas lácteas. Especificamente, o aumento do risco de doenças cardíacas e câncer de mama associado ao consumo de laticínios deverá impulsionar o mercado para US $ 35,6 bilhões até o ano de 2024.

Preocupações com o meio ambiente também levaram à essas preferências. Outro estudo mostrou resultados em que a produção de um litro de leite de vaca gerava três vezes e meia mais dióxido de carbono do que o leite à base de plantas.

O impacto ambiental dos laticínios, mesmo recentemente, levou a maior rede de hambúrgueres da Suécia, a Max Burgers, a substituir seus milk shakes por versões veganas.

Leia mais em: https://www.anda.jor.br/2018/10/30-dos-californianos-preferem-consumir-opcoes-veganas-a-leite-de-origem-animal/.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.