Recentemente, uma açougueira canadense compartilhou em seu perfil do Instagram imagens fortes em que ela posava ao lado de animais mortos. Dominique Rioux, que mora em Montreal, alegou que foi prejudicada por militantes veganos, já que após o compartilhamento ela recebeu uma série de avaliações muito negativas para as empresas em que trabalhava.

Além disso, ela também disse ter recebido mensagens que diziam, entre outras coisas, que ela era “sem coração e cruel”, ou que “merecia ter câncer”. Ela afirma ainda que um ativista em específico ameaçou incendiar o açougue onde ela estava empregada no período.

De acordo com a açougueira, foi a paixão por comida que a fez postar fotos sorrindo ao lado de uma carcaça de porco enquanto puxava suas orelhas, ou fingindo ninar outra. “Quero mostrar às pessoas as coisas e ensiná-las”, afirmou Rioux em entrevista à CBC News.

O que a difamou, em sua opinião, não foram as imagens agressivas e, sim, o fato de que elas foram distribuídas em grupos veganos online – levando a mensagens negativas sendo enviadas diariamente, como uma que achava um absurdo que “eles realmente contrataram o psicopata Dominique Rioux, que publicou fotos de carcaças de porco desfigurantes em seu Facebook”.

Com a quantidade de críticas e denúncias, não foram apenas os ativistas que discordaram da postura da açougueira. Rioux diz que o Instagram cancelou a sua conta. As diretrizes da plataforma de mídia social dizem: “Compartilhar imagens gráficas para prazer sádico ou para glorificar a violência nunca é permitido”. Eles acrescentam que o conteúdo deve ser apropriado para todos.

Mas Rioux não consegue perceber onde errou ou postou algo inadequado ao público. Não percebe o quão agressivas e cruéis eram as imagens, e continua acreditando que a plataforma removeu sua conta só porque foi denunciada incontáveis vezes pelos militantes. “Eu me sinto muito estressada, não sei o que postar e eu sinto que não posso postar o que eu gosto porque posso ter minha conta excluída novamente”, ela lamenta.

Leia mais em: https://www.anda.jor.br/2018/08/acougueira-que-postou-fotos-com-animais-mortos-acusa-ativistas-veganos-de-assedio/.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.