Vegetariano desde 1996, Harvey Lewis fez a transição para o veganismo há três anos e hoje atribui o seu bom desempenho e boa recuperação à sua dieta à base de vegetais


Por David Arioch


“Minha saúde, energia e desempenho como corredor mudaram drasticamente” (Foto: Harvey Lewis/Facebook)

Este mês o ultramaratonista vegano Harvey Lewis venceu o 24-Hour National Championship, em Cleveland, Ohio (EUA), pela terceira vez depois de percorrer mais de 200 quilômetros. Ele já havia sido bem-sucedido na competição em 2015 e 2017.

Vegetariano desde 1996, o atleta fez a transição para o veganismo há três anos e hoje atribui o seu bom desempenho e boa recuperação à sua dieta à base de vegetais.

À VegNews, Lewis declarou que uma alimentação sem ingredientes de origem animal é o mais importante para garantir a sua longevidade no mundo dos esportes. “Minha saúde, energia e desempenho como corredor mudaram drasticamente.”

Ele cita também outros amigos que são veganos e estão sendo bem-sucedidos nos esportes, como o italiano Marco Olmo, que aos 57 anos venceu a UTMB, uma das mais famosas ultramaratonas de corrida em montanha.

“Mike Fremont ainda está estabelecendo recordes na meia maratona aos 97 anos, e consumindo apenas comida vegana”, acrescentou.


 

Leia mais em: https://www.anda.jor.br/2019/10/atleta-vegano-vence-mais-uma-ultramaratona-nos-eua/#utm_source=rss&utm_medium=rss.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.