Foto: PETA

O James Cromwell, de 79 anos, foi preso pela polícia ao protestar contra um laboratório universitário que explora cães em experimentos científicos.

Foto: PETA

No protesto, realizado no campus da Texas A&M University (TAMU), na cidade de College Station, nos Estados Unidos, o ator se uniu a outros ativistas para fazer uma demonstração. Ele foi preso por conduta desordeira e por atrapalhar os trabalhos feitos no laboratório, segundo o portal The Hollywood Reporter.

A PETA, organização internacional de defesa animal, divulgou um comunicado no qual o ator defende os cachorros explorados no laboratório.

“A Texas A&M continua atormentando golden retrievers e outros animais, apesar de décadas de pesquisas não terem produzido nenhuma cura para humanos. Está na hora de soltar os cachorros, e meus amigos da PETA e eu queremos garantir que eles sejam levados para bons lares, onde podem viver suas vidas em paz”, declarou. As informações são do Correio Braziliense.

Fotos da prisão do ator foram divulgadas pela ONG, que pediu que a universidade feche o laboratório. “O ator James Cromwell acabou de ser preso na Texas A&M University depois de defender os cães que sofrem em suas experiências cruéis. TAMU: FECHE O LABORATÓRIO DE CÃO”, afirmou.

Em 2017, James foi preso após entrar no SeaWorld para protestar contra a exploração das baleias para entretenimento humano.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


Leia mais em: https://www.anda.jor.br/2019/11/ator-james-cromwell-e-preso-durante-protesto-contra-testes-em-cachorros/.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.