O ator Leonardo DiCaprio, e a Sea Shepherd, ONG que promove a preservação do oceano, juntaram-se para apresentar um novo filme que expõe a crítica situação do mamífero marinho mais ameaçado do mundo, a vaquita, ou marsuíno-do-golfo-da-califórnia, como também é conhecido.

O ator Leonardo DiCaprio juntou-se à ONG Sea Shepherd para produção de um documentário sobre a vaquita, animal marinho mais ameaçado do mundo.

Restam apenas 30 vaquitas em todo o mundo. Foto: The Yucatan Times

O filme, entitulado como “Vaquita – Sea of ​​Ghosts”, aborda o rápido declínio da população da espécie.

O animal ameaçado é uma espécie de pequeno boto, que mede cerca de 1,5 metros de comprimento e chega a pesar 55 quilos. As vaquitas são os mamíferos marinhos mais raros do planeta, com cerca de trinta indivíduos remanescentes no mundo. Alguns especialistas suspeitam até que restem menos, apenas 12.

A população da espécie sofre principalmente devido a operações de pesca ilegal em áreas marinhas protegidas.

Leonardo DiCaprio anunciou o filme em sua página no Instagram. O ganhador do Oscar disse estar “orgulhoso” por participar da produção do filme, e disse a seus fãs para ficarem atentos para mais informações.

O filme será produzido pelo Terra Mater Factual Studios, centro de produção de filmes da Red Bull, e dirigido por Richard Ladkani, também responsável pela direção do documentário “The Ivory Game”, que explorou a caça aos elefantes.

Segundo a revista Variety, o filme começa com um encontro entre DiCaprio e o presidente mexicano Enrique Pena Nieto. Possivelmente a reunião teve como objetivo a assinatura de um memorando de entendimento, que ocorreu em junho do ano passado. No documento, ambas as partes comprometeram-se com a preservação da vida marinha do México, que inclui o Golfo da Califórnia, região habitada pela vaquita.

Leonardo DiCaprio encontrou-se com o presidente presidente do México em junho do ano passado para discutir a questão das vaquitas. Foto: Reprodução

O documentário acompanha o “conflito às vezes violento” entre cartéis de drogas no México e gangues criminosas chinesas, assim como o conflito entre o governo mexicano, a Marinha dos EUA, o FBI e a Sea Shepherd.

O fundador da organização, Paul Watson, anunciou online que “a Sea Shepherd está trabalhando com Leonardo DiCaprio e o Terra Mater em um filme sobre o Vaquita”.

O filme deverá estrear internacionalmente no início de 2019.

Leia mais em: https://www.anda.jor.br/2018/07/dicaprio-documentario-mamifero-ameacado/.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.