O homem mais rico do mundo, Jeff Bezos, fundador da gigante Amazon, acaba de ficar ainda mais famoso – dessa vez, por causa de sua outra empresa, a Blue Origin, que atua no ramo de viagens espaciais. O bilionário foi premiado pelo The Explorers Club, um comitê de incentivo a descobertas científicas, por seus investimentos em exploração espacial.

Veja também

Ainda assim, o fato mais comentado pelo público não foi exatamente o prêmio Buzz Aldrin Space Exploration, concedido anualmente pelo comitê, e sim o jantar de gala oferecido depois da premiação, em Nova York.

Bezos foi flagrado devorando uma iguana pela fotógrafa Emily Driscol, que revelou ao Business Insider que o menu contava também com outros pratos inusitados, como tarântulas e baratas.

De acordo com a fotógrafa, os organizadores esclareceram que a iguana não pertencia a uma espécie ameaçada de extinção. A escolha do menu foi pensada para provocar uma reflexão sobre como se alimentar dessas espécies consideradas “invasoras” pode ajudar outros animais que são predados por elas e, atualmente, se encontram em risco.

O americano foi considerado o homem mais rico do mundo pela lista de bilionários da revista Forbes, divulgada na última semana. Sua fortuna é estimada em 112 bilhões de dólares (364 bilhões de reais).

Fonte: Veja.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.