Foto: LiveKindly

Montadoras de todo o mundo estão demostrando preocupações sobre questões de bem-estar animal e preservação do planeta. Com o uso de tecnologias alternativas e materiais livres crueldade animal, elas caminham para atender uma crescente demanda do mercado – produtos e serviços éticos e sustentáveis.

A BMW divulgou imagens oficiais de seu próximo utilitário esportivo de luxo, um SUV elétrico – chamado iNEXT – em setembro do ano passado, no LA Auto Show e, de acordo com a empresa, o interior é completamente vegano.

As imagens do protótipo da cabine mostram detalhes e pisos de madeira, tecido têxtil rosado na parte da frente e um assento traseiro azul-petróleo.  De acordo com a Auto Express, todo o interior é construído a partir de materiais veganos.

Os carros elétricos

Após um longo caminho, desde 1990, eles vêm ganhando espaço à medida que a ameaça das emissões de carbono se torna mais evidente para empresas, consumidores e líderes mundiais.

A Tesla tornou-se líder no mercado de carros elétricos mas já tem concorrência de outras empresas que também buscam a redução das emissões de carbono.

Uma publicação, em 2014, intitulada “Todas as nossas patentes pertencem a você”, o CEO da Tesla, Elon Musk  anunciou que todas as patentes da empresa seriam públicas. Ele argumentou que mantê-las como propriedade intelectual seria algo contra a missão sustentável da empresa.

Ele escreveu : “Nossa verdadeira concorrência não é o pequeno fluxo de carros elétricos não-Tesla sendo produzidos, mas sim a enorme quantidade de carros a gasolina que saem das fábricas do mundo todos os dias.”

A Tesla e a BMW não são as únicas com interiores veganos. Em janeiro do ano passado, a montadora de carros elétricos Fisker Inc. mostrou um veículo de luxo com uma opção de couro vegano. No LA Auto Show, em setembro passado, a Audi apresentou o ‘e-tron GT’, um carro elétrico com um interior vegano feito de tecido reciclado e tapetes feitos de redes de pesca recuperadas no oceano. As informações são do LiveKindly.

Estima-se-se que a produção do SUV elétrico vegano para venda comece a partir de 2021.

Montadoras e o bem-estar animal

A Subaru, uma empresa automobilística japonesa, sediou um evento de adoção de animais durante o Salão Internacional do Automóvel da América do Norte ( NAIAS ) desde ano.

Através de uma parceria com a Michigan Humane Society, o evento de adoção teve como objetivo encontrar lares definitivos para animais domésticos em Detroit . O primeiro evento deste tipo foi realizado dentro do Cobo Center na exposição Subaru, localizada no Hall B.

Durante o anúncio da iniciativa, Alan Bethke , vice-presidente sênior de marketing da Subaru of America, Inc. disse: “Na Subaru, estamos ansiosos pelas oportunidades extras de celebrar nossos amigos peludos e devolver o amor incondicional que eles nos mostram todos os dias”.

“Parceria com organizações como a Michigan Humane Society, reforça nosso compromisso de manter todos os animais, especialmente aqueles em abrigos, felizes, aumentando suas chances de encontrarem casas seguras e amorosas”.

Leia mais em: https://www.anda.jor.br/2019/02/bmw-desenvolve-carro-esportivo-eletrico-com-interior-totalmente-vegano/.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.