Cinco espécies de animais estão estão correndo risco devido a um plano de controle traçado pelo Brasil. O objetivo do país é controlar, até 2030, o coral-sol, o javali, o mexilhão dourado, o caramujo gigante africano e o sagui.

Sagui (Foto: Getty Images/iStockphoto)

O coral-sol chegou à costa do Brasil trazido do oceano Pacífico por uma embarcação petrolífera em 1980. O mexilhão-dourado, que vive em água doce, veio para o país na década de 1990 através de embarcações asiáticas. Atualmente, ele pode ser encontrado nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste e na Bacia do Rio São Francisco. As informações são do portal UOL.

O javali é originário da Europa. Foi levado para o Uruguai e para a Argentina na década de 80 e migrou para o Brasil através da fronteira com o estado do Rio Grande do Sul. Após a migração, iniciaram os cruzamentos com os porcos domésticos, dando origem a um animal que ficou conhecido como “javaporco”. No Brasil, a caça da espécie por fazendeiros foi liberada pelo Ibama em 2013. A decisão cruel, que expôs esses animais a sofrimento e tirou-lhes a vida, nunca teve eficácia comprovada no que se refere ao controle populacional.

Coral-sol (Foto: Alexander Vasenin)

O Ministério do Meio Ambiente está desenvolvendo planos individuais para cada uma das espécies, sendo que os que são direcionados ao coral-sol, javali e mexilhão-dourado já foram concluídos. No caso do sagui e do caramujo-gigante-africano, o objetivo é terminar o planejamento em dois anos.

Nota da Redação: a ANDA é contra qualquer plano de controle de espécies que atente contra a integridade física e a vida dos animais. Não há argumento que justifique a decisão de tirar uma vida, seja ela de um animal nativo ou exótico. O fato desses animais que não pertencem à fauna brasileira terem chegado ao país é de responsabilidade humana. Portanto, não é correto que eles paguem com a vida por algo que eles sequer causaram. É necessário que órgãos ligados ao meio ambiente, o governo e ambientalistas se empenhem em encontrar meios éticos de solucionar problemas como a destruição de lavouras causadas pelos javalis, cumprindo, assim, o compromisso de resguardar a vida animal independentemente da circunstância.

Leia mais em: https://www.anda.jor.br/2018/09/brasil-plano-controle-animais-coloca-especies-em-risco/.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.