Carter foi diagnosticado com vitiligo e para ajudar no processo de aceitação da doença ele foi ao encontro de Rowdy

Há algum tempo, nós contamos a história de Rowdy, um labrador de pelagem preta que derreteu o coração de vários internautas. Isso porque o cãozinho, que já é idoso, desenvolveu vitiligo, uma condição que causa a perda de pigmentação da pele.

Coincidentemente, a enfermidade fez com que o animalzinho ficasse com duas grandes manchas ao redor de seus olhos muito semelhantes à uma máscara.

Após as fotos de Rowdy viralizarem, ele não só conseguiu um pouco de popularidade, mas também mudar completamente a autoestima de um garotinho. Diagnosticado com vitiligo em 2015, a vida de Carter Blanchard, de apenas oito anos, mudou completamente.

rowdy-labrador-preto-com-vitiligo

Foto: Reprodução/ Niki Beiser Umbenhower

“Ele foi diagnosticado no meio do ano, enquanto ainda estava no jardim de infância,” contou Stephanie Adcock, mãe de Carter. “Foi uma transição muito difícil para ele. As crianças da escola em momento algum foram mesquinhas ou malvadas com ele, mas elas ficavam o tempo todo olhando para ele e isso o incomodava.”

Fotos: Reprodução/ Ricky-Stephanie Lynn Adcock

Em entrevista ao Inside Edition, o garotinho contou que por algum tempo ele não quis mais ir para a escola: “Eu fiquei com medo que as pessoas ficassem rindo ou me provocando.”

Felizmente, tudo mudou após a mãe de Carter conhecer a história de Rowdy através da internet. Ela então entrou em contato com a tutora do labrador e voou cerca de três mil quilômetros (A distância de Recife-PE até Curitiba-PR, aproximadamente) junto com seu filho até o outro lado do país, para que o encontro fosse possível.

“É como se a vida dele tivesse girado 180º. Nós conseguimos completar esse ciclo e superar ele. Ele está orgulhoso de si mesmo e acha a nossa pele ‘chata’ por não termos vitiligo,” contou Stephanie.

Ao perceber que Rowdy podia ajudar outras crianças, assim como ajudou Carter, os tutores do labrador decidiram começar um projeto para fazer com que mais crianças que tenham essa mesma enfermidade possam se encontrar com o cãozinho. Para que seja possível, está sendo feito um financiamento coletivo no site GoFundMe para que possa custear as viagens.

 

Com informações de Inside Edition





Fonte Oficial: http://www.clubeparacachorros.com.br/noticias/cao-com-vitiligo-ajuda-garotinho-com-mesma-condicao-a-se-aceitar/.