A Copa do Mundo, que neste ano foi realizada entre 14 de junho e 15 de julho na Rússia, é um período em que os torcedores costumam celebrar as vitórias dos times do mundo todo, com muita festa, reunião de amigos, o que inclui queima de fogos de artifícios.

E é justamente o barulho da queima dos fogos que pode ter resultado no desaparecimento do cachorro da analista de recursos humanos, Débora Sommer, em Assis (SP).

(Foto: Divulgação)

Ele foi encontrado recentemente pela tutora, quando um morador do bairro São Fernando Valley postou uma foto do cachorro em suas redes sociais e o esposo de Débora reconheceu o animal.

“No último jogo da Copa meu pit bull Zé, de dois anos, sumiu. Agora já está conosco de volta, sendo medicado, mas foi encontrado desidratado. Moro no bairro Colinas, e acredito que, após o jogo, ele fixou muito assustado com o barulho dos rojões, e por mais que não tenha sumido na hora do jogo, foi por susto”, conta.

Zé sumiu de casa quando o esposo de Débora saiu de moto. A família, que tem mais uma cachorrinha, não percebeu que ele saiu, por ser bastante tranquilo.

“Meu marido saiu de moto e não percebemos que ele saiu junto, pois ele é muito mansinho. Fomos perceber só no outro dia, quando fomos colocar comida e água para ele, para irmos trabalhar”, detalhou a tutora.

“Como ele não é acostumado a sair de casa, acreditamos que tenha se perdido. Procuramos por todo o bairro e chegamos a desistir. Foi quando meu marido viu na internet o anúncio de um rapaz dizendo que havia encontrado um cachorro perdido e o reconhecemos. Fomos então buscar o Zé, que agora está recebendo acompanhamento veterinário, alimentando-se bem, bebendo muita água, ficando forte e bonito e irá até ganhar uma casinha nova”, conta Débora, bastante feliz por ter recuperado o cachorro.

Fonte: Assis City

Leia mais em: https://www.anda.jor.br/2018/09/cao-desaparecido-na-copa-retorna-aos-donos-em-estado-desnutricao/.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.