A relação de Danilo Alarcon com o cão Digong é uma verdadeira prova de como os animais são seres carinhosos e amáveis.

Alarcon não pode mais andar devido a um acidente de moto que sofreu há anos. Porém, nesse meio tempo, ele encontrou alguém para ajudá-lo a viver uma vida mais leve.

Digong é um cãozinho de sete meses, que está com junto com Alarcon desde que nasceu. O jovem cão ajuda Alarcon a locomover-se pelas ruas da cidade de Davao, nas Filipinas, onde moram. O animal cutuca a cadeira de rodas com o nariz, e assim empurra seu guardião.

A moradora da cidade, Faith Revilla, avistou a dupla enquanto ia para casa com seu marido. Admirada com o que via, ela capturou o momento com uma câmera. “Naquele momento eu só pensei que aquilo era realmente incrível e impossível”, disse ao The Dodo.

 

Emocionada com a ação do cãozinho, Revilla e seu marido pararam para se apresentar e conhecer um pouco mais sobre a ligação especial entre Digong e Alarcon.

“Ele é um filhote de cachorro muito atencioso”, disse Revilla. “A cadeira de rodas começou a se mexer quando Digong viu Danilo parar e descansar. Então do nada o cachorro começou a empurrar a cadeira com a cabeça.” Ela afirmou que Alarcon também cuida de seu amigo quando ele fica cansado de empurrá-lo, e o leva no colo durante o trajeto.

A relação de Danilo Alarcon com o cão Digong é uma verdadeira prova de como os animais são seres carinhosos e amáveis.

Foto: Faith Revilla

Mais tarde naquele dia, Revilla postou o vídeo no Facebook, onde já foi visto mais de 100.000 vezes.“Cena reconfortante do amor incondicional de um cachorro para com seu tutor”, escreveu Revilla em sua página. “Quero dizer, eu pensei que isso só acontecesse em programas de TV, mas essa era uma cena muito real. Estou sem palavras para descrever minhas emoções agora”.

Revilla convidou a dupla para um almoço em seu restaurante favorito, como “um deleite”, disse ela. E nas semanas seguintes, desde que viu Alarcon e Digong pela primeira vez, a mulher e seu marido continuaram a visitá-los, e atestar o poder da cura proporcionado pelo amor.

“Os cães são realmente os melhores amigos do homem”, disse Revilla. “Se realmente nos importamos, respeitamos e amamos, eles certamente farão o mesmo por nós”.

Leia mais em: https://www.anda.jor.br/2018/07/cao-empurra-cadeira-rodas-tutor/.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.