Um cão idoso foi diagnosticado com câncer terminal, e sua família decidiu realizar os últimos desejos do animal. Briana May, prima do tutor de Isaac, nome carinhoso dado ao cachorro, é quem está garantindo que suas últimas semanas de vida valham a pena e sejam muito felizes.

Cão idoso com câncer

Isaac: o cão que está realizando aventuras antes de partir devido ao câncer terminal (Foto: Briana May/Facebook)

Briana criou para Isaac uma lista de desejos a realizar, contendo coisas que certamente fariam o cãozinho muito feliz em seus últimos momentos de vida. Toda a família está ajudando Isaac a realizar os desejos, que incluem brincar na praia, fazer uma festa para o cão, ir a um piquenique e ganhar uma massagem canina.

Todos os itens da lista são adoráveis e resgatam a sensibilidade com a qual um cãozinho, que certamente já forneceu tanto amor a uma família, merece ser tratado. Para ajudar a tornar todos os desejos realidade, Briana postou a história de Isaac na página do Facebook ‘Cool Dog Group’. Informações do Metro contam que Briana disse: “Isaac é o cachorro mais legal que eu conheço. Ele descobriu um tumor cancerígeno, e só tem semanas para viver, então escrevemos uma lista de desejos para ele”.

Lista do que Isaac ainda deve fazer com sua família antes de partir (Foto: Briana May/Facebook)

A publicação emocionante pede por ajuda para conseguir tornar os últimos dias de Isaac os melhores possíveis. “A lista pode parecer boba para alguns, mas há algumas coisas na lista que Isaac fará pela primeira vez em sua vida”.

O suporte dado ao animal doente por sua família amorosa é essencial para que o cão possa partir sem dor e de forma alegre, além de inspirar outras famílias a serem tão carinhosas e atenciosas com seu animais domésticos da mesma forma. “Enquanto Isaac cumpre todos os seus sonhos, ele também inspirou outros cães e seus tutores a viverem suas vidas ao máximo”, reforçou Briana.

Leia mais em: https://www.anda.jor.br/2018/05/cao-idoso-cancer-desejos/.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.