Pet Rescue and Reunification/Facebook

Uma página no Facebook tem publicado informações para tentar promover o reencontro entre animais e tutores


Centenas de animais se perderam dos tutores durante os incêndios que atingem a Califórnia, nos Estados Unidos. Ao menos 200 pessoas tiveram que abandonar suas casas e muitas delas acabaram deixando animais para trás.

Pet Rescue and Reunification/Facebook

Nas redes sociais, um grupo foi criado para publicar informações e fotos de animais desaparecidos para tentar levá-los de volta aos seus tutores. A página recebeu o nome de Kincade Fire Pet Rescue and Reunification.

Tai Bruce, responsável pelo grupo no Facebook, disse ao The Washington Post que compila diariamente, com a ajuda de voluntários, os avisos sobre animais perdidos ou encontrados.

As ações do ex-oficial da reserva de San Francisco, no entanto, não começaram durante o Incêndio Kincade. Isso porque Bruce agiu de maneira semelhante durante o Incêndio Valley, em 2015, e nos incêndios que atingiram a Califórnia em 2017 e 2018.

“Todo ano há algum tipo de incêndio, inundação ou outros desastres no Norte da Califórnia. É o que continua nos alimentando”, disse.

O objetivo de Bruce é centralizar os pedidos de ajuda dos tutores, que ficam desesperados à procura dos animais. “Abrigos locais, clínicas e consultórios veterinários são um bom lugar para começar a buscar. Mas, muitas vezes, os tutores de animais afetados pelas ordens repentinas de evacuação possuem poucas informações de identificação para seus animais, além de um nome, local e fotos no telefone”, contou.

Pet Rescue and Reunification/Facebook

Os voluntários reúnem informações e publicam na rede social. Em caso de linhas de evacuação serem acionadas, forçando o deslocamento emergencial das famílias, eles trabalham ainda mais – às vezes por mais de 18 horas diárias. As ações visam sempre promover o reencontro entre tutores e animais. “Eles choram com os tutores, é emocionante”, revelou.

O Kincade se tornou o maior incêndio do ano na Califórnia. Já são 30.519 hectares, ou 305 km², devastados – o correspondente a duas vezes e meia a área da cidade de San Francisco. De acordo com as autoridades, 15% das chamas foram contidas e o fogo deve avançar com a ajuda de ventos fortes registrados na região nesta época do ano.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


Leia mais em: https://www.anda.jor.br/2019/11/centenas-de-animais-se-perdem-dos-tutores-durante-incendios-nos-eua/.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.