O estado de saúde dos gatos deve ser avaliado de acordo com diversos sinais que eles apresentam.

Vejamos, então, os mais importantes:

• Olhos

Os olhos devem ter cor viva e brilhante. O brilho natural dá aos olhos um aspecto saudável.

Os gatos têm uma terceira pálpebra que fica escondida e só aparece quando é preciso proteger o olhos de algum ferimento ou irritação. Assim, se essa terceira pálpebra estiver visível é sinal de que algo está errado e de que você deve levar seu animal ao veterinário. Outros sintomas que costumam acompanhar irritações nos olhos de gatos são alteração na cor e lacrimejamento constante.

• Orelha

Observe a coloração delas. Orelhas saudáveis são cor-de-rosa-claro e não apresentam secreções nem cerosidade. Naturalmente, todo ouvido tem lá no fundo uma substância protetora chamada cerume, também conhecida como cera de ouvido. O problema é quando essa cera se torna aparente Uma boa dica é conversar com o veterinário a respeito da frequência com que você deve limpar as orelhinhas dele. E lembre-se: não use hastes flexíveis! O ideal é ir somente até onde seu dedo alcançar . Envolva a ponta do dedo indicados em um lenço de papel, introduza-a no ouvido do gato e faça movimento semicirculares, delicadamente, sem forçar a penetração do dedo no duto auditivo do animal.

Se seu gato começou a coçar muito as orelhas ou se está chacoalhando a cabeça bruscamente, atenção! Isso indica que alguma coisa nas orelhinhas dele o está incomodando. Leve-o ao veterinário rapidamente, pois infecções de ouvido podem ter consequências graves se não forem tratadas a tempo.

• Falta de fôlego

A falta de fôlego pode ser consequência de inflamação da gengiva ou de excesso de pelo que ele engole ao se limpar. Para evitar isso, a higiene bucal de seu gato e a escovação do pelo devem ser semanais!

• Focinho

O focinho do seu gato deve sempre estar um pouco úmido e sem casquinhas.

 

Mais importante do que todas essas dicas juntas é você sempre levá-lo ao veterinário ao menos uma vez por ano.