-Máquinas e animais não combinam

Mantenha seu animal longe das máquinas quando estiverem funcionando. Fique especialmente atento a gatos e coelhos, que, no frio, gostam de dormir sobre (ou dentro de) motores aquecidos de carro. Toque sempre a buzina ou bata no capô do carro, antes de ligar o motor.

– Alerta para cozinha e lavanderia

Quando você for usar um eletrodoméstico, antes de ligá-lo ou de fechar a sua porta, dê uma olhada, para ter certeza de que seu animal de estimação não esteja dentro dele.

Os gatos também adoram secadoras de roupas e podem se enfiar dentro delas quando você não estiver olhando.

– Assegure-se de que a coleira do seu animal é do tamanho certo

Isso pode parecer óbvio, mas o corpo dos animais muda com o passar do tempo. Um cachorrinho em fase de crescimento pode passar por três tamanhos de coleira antes de chegar ao definitivo. nesse caso, verifique toda semana se a coleira está no tamanho adequado, para evitar que ela o sufoque. Se você puder colocar dois dedos entre a coleira e o pescoço do seu animal com facilidade, é por que está suficientemente folgada.

– Alimente seu animal de forma adequada

Por mais que seu animal fique feliz com petiscos, um animal gordo não é um animal feliz. Existem petiscos saudáveis para cachorros – cenouras crocantes, ervilhas, maças e outras frutas e vegetais que são bons para seu cachorro, eles podem até mesmo reduzir as probabilidades de problemas nos dentes.

A “comida de gente”, que vem cheia de gordura e de açúcar, é tão ruim para o animal quanto pra você. gatos e cachorros não ficam com as artérias entupidas, mas mesmo assim esses alimentos podem estragar seus dentes e acrescentar-lhes quilos desnecessários.

– Brinquedos inofensivos para animais

Acompanhe as brincadeiras do seu animal para ter certeza de que seu gato  não engula aquele brinquedo de penas (nunca dê um novelo de lã para seu gato!) ou se o seu cachorro não quebre um dente mastigando seus sapatos.