A maioria das companhia aéreas serve refeições veganas | Foto: The Vegan Strategist

A maioria das companhia aéreas serve refeições veganas | Foto: The Vegan Strategist

A Air India foi multada após a conclusão da investigação, por parte do orgão regulador da categoria, de que a companhia aérea serviu carne a um passageiro vegetariano que solicitou uma refeição sem carne.

O passageiro da Air India, Chander Mohan Pathak, vegetariano, estava em um voo de Chicago para Delhi em novembro de 2016, conforme informações jornal The Tribune.

Pathak disse que instruiu a companhia aérea a fornecer-lhe uma refeição vegetariana no momento em que a reserva da passagem foi efetuada.

Em uma audiência em frente ao Fórum Distrital de Redução de Conflitos de Consumidores, uma agência de defesa do consumidor, Pathak argumentou que a companhia aérea não especificou claramente se sua refeição se era vegetariana ou não vegetariana.

A companhia aérea estatal argumentou que não é culpada de se envolver em práticas comerciais desleais, pedindo que o caso seja julgado improcedente.

Foto: Pixabay/ Pilot Go

Foto: Pixabay/ Pilot Go

No entanto, o Fórum Distrital de Reparação de Conflitos de Consumidores determinou que a tripulação de cabine da companhia aérea era responsável por verificar se o passageiro tinha encomendado uma refeição vegetariana como havia sido especificado previamente por ele.

“Como não há evidência de que tal investigação tenha sido feita antes de servir refeições ao reclamante, acreditamos que foi uma deficiência grosseira por parte da companhia aérea”, disse o fórum.

A Air India foi considerada culpada de deficiência no serviço, causando sofrimento mental e moral e assédio ao reclamante.

A companhia aérea foi condenada a pagar 10.000 pathaks (cerca de 140 dólares) em compensação, bem como um adicional de 7.000 (em torno de 100 dólares) para cobrir seus honorários advocatícios.

A Air India foi condenada e recebeu intimação para efetuar o pagamento no prazo de 30 dias.

A companhia aérea não é a primeira empresa na Índia a ser multada por servir carne aos vegetarianos.

Uma loja de móveis da IKEA em Hyderabad voltou a vender biryani vegetariano este ano depois de ter sido multada em 11.500 rúpias (aproximadamente 160 dólares) em razão de um cliente ter descoberto uma lagarta em seu prato.

Leia mais em: https://www.anda.jor.br/2019/05/companhia-aerea-e-multada-por-servir-carne-a-passageiro-vegetariano/#utm_source=rss&utm_medium=rss.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.