Foto: Livekindly/Reprodução

O consumo de carne está caindo na Finlândia, à medida que mais e mais finlandeses mudam seus hábitos de consumo para alimentos veganos e vegetarianos. O consumo de laticínios também tem previsão de queda no país do norte da Europa.

Um novo relatório do Pellervo Economic Research PTT, um instituto independente de pesquisa em economia aplicada, revelou a mudança nos hábitos alimentares dos finlandeses.

Prevê-se que o consumo de carne bovina caia em 2019, somando-se aos demais derivados de animais como carne de porco que estão em declínio há anos. Embora o consumo de aves tenha aumentado há algum tempo, esse crescimento também deve parar. O relatório revela que o declínio do consumo de alimentos de origem animal está “abalando o mercado de carne”.

O instituto de pesquisa identificou a crescente popularidade dos produtos à base de vegetais como a razão principal para a diminuição do consumo de carne: “O aumento da conscientização sobre saúde e meio ambiente na tomada de decisões dos consumidores impactou no mercado de produtos à base de vegetais”, acrescentou o estudo.

Essa mudança de pensamento também resultará no declínio do consumo de laticínios em quase todos os grupos de produtos, revela a pesquisa, “A produção de leite está caindo excepcionalmente rápido este ano, e mesmo o aumento dos preços não aumentará a receita das empresas de laticínios”, afirmou o PTT.

A queda do consumo de produtos de origem animal só será realmente abalada por um “aumento significativo” dos preços ao consumidor de carne. “Ao mesmo tempo, enquanto os preços ao consumidor de vegetais estão caindo, a evolução da relação de preços entre carne e legumes confirma a mudança projetada no consumo”, explicou o relatório.

Veganismo na Finlândia

A comida vegana está se tornando mais procurada na Finlândia. A capital do sul do país, Helsinque, lançou um site e um aplicativo em agosto para ajudar seus cidadãos a comer mais comida vegana e viver de forma mais sustentável.

Até as redes de fast-food da Finlândia estão pulando a bordo. Os restaurantes McDonald’s no país receberam seu segundo hambúrguer vegano no ano passado. O hambúrguer El Veggo é feito com carne à base de soja, salada, molho de salsa picante e molho vegano McFeast. O novo produto se juntou ao hambúrguer McVegan já servido no menu do país, lançado em 2017.

Quando a loja de hambúrgueres finlandesa Bun2Bun tornou-se vegana, substituindo seus rissóis de carne por carne à base de vegetais da Beyond Meat, suas vendas “dispararam imediatamente”, subindo desde o primeiro dia e chegando a um aumento de 400%.

A tendência também chegou às cantinas do exército finlandês, que agora são abastecidas com alimentos à base de vegetais. O major Eija Pulkki, das Forças de Defesa, revelou no ano passado que as Forças Armadas adicionarão duas refeições totalmente vegetarianas ao cardápio semanal. Os pratos sem carne são feitos com batatas, massas e carne vegana.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

Leia mais em: https://www.anda.jor.br/2019/10/consumo-de-carne-e-laticinios-entra-em-declinio-na-finlandia/#utm_source=rss&utm_medium=rss.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.