Neste domingo (12), biólogos do Projeto TAMAR de Aracaju (SE) retiraram o corpo de uma tartaruga marinha que foi encontrada, no sábado (11), na praia da Orlinha do Bairro Coroa do Meio, na Zona Sul da capital.

Tartaruga-oliva (Foto: Divulgação / Imagem Ilustrativa)

De acordo com os biólogos, o animal era da espécie oliva, muito comum na região e não possuia ovos. Eles acreditam que os ferimentos tenham sido provocados por uma rede de arrasto, pois ela parecia estar bem de saúde.

O corpo do animal, que estava em avançado estado de decomposição, após passar por uma análise, foi removido da praia e enterrado.

Leia mais em: https://www.anda.jor.br/2018/08/corpo-de-tartaruga-encontrada-morta-em-praia-e-enterrado/.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.