Atualmente já se comprovou que o estilo de vida vegano, feito de maneira responsável, traz inúmeros benefícios para o corpo humano. Não ingerir carne, alimentos processados e se preocupar em conseguir todos os nutrientes necessários é muito mais saudável, e também não contribui para o sofrimento animal.

O britânico e vegano Dan Lawson, de 44 anos, é um exemplo vivo disso. Ele recentemente afirmou que irá bater um novo recorde de corrida, em menos de nove dias. O percurso terá 874 milhas, que vai desde a ilha da Grã-Bretanha, da ponta norte da Escócia, até a ponta ocidental da Cornualha, Inglaterra.

Dawson já detém vários títulos de corrida de classe mundial, como o Grand Union Canal Race da Grã-Bretanha, a Ultra Gobi Race de 400K e o UltraBalaton 218K. Mas a nova oportunidade será ainda mais complicada.

Lawson pretende percorrer 874 milhas em 9 dias (Foto: Reprodução)

“Este será seu maior desafio ainda”, contou um dos membros de sua equipe. “Ele gostaria de bater o recorde atual de nove dias, duas horas e 26 minutos – o tempo fenomenal de Andrew Rivett. Ele está bem ciente de quão difícil isso será e vai colocar tudo o que ele tem nele”.

Lawson está completando seu quinto dia consecutivo de treinamento, correndo uma média de 90 milhas por dia e estabelecendo uma dieta rigorosa. O percurso desafiador inclui a travessia da cordilheira Cairngorms, na Escócia, e as montanhas do Lake District na Inglaterra.

Como mais uma evidência de que uma dieta baseada em vegetais é ideal para esportes de resistência, no mês passado, a corredora vegana Catra Corbett de 53 anos definiu o tempo mais rápido conhecido no percurso da rota Muir Ramble de 310 milhas pela Califórnia.

Leia mais em: https://www.anda.jor.br/2018/08/corredor-vegano-e-exemplo-de-vida-saudavel-e-empatia-pelos-animais/.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.