Cuidados com a castração

A castração é um procedimento simples, mas existem cuidados com castração. Pois o procedimento continua sendo uma cirurgia. Se você está pensando em castrar seu cão essa é uma ótima ideia.

Para os mais amedrontados com a cirurgia, esse artigo explica quais são os cuidados com castração. Todos os cuidados e inclusive o que acontece na cirurgia. Assim você poderá ficar mais calmo e garantir esse ato de amor com seu cão. Afinal a castração traz melhor qualidade de vida e muitos outros benefícios.

Pré-operatório

Os cuidados no pré-operatório são simples. E você não vai ter grandes problemas para realiza-los.

O primeiro e mais importante cuidado é procurar um bom veterinário. Leve o seu cãozinho ao seu veterinário de confiança e avise que quer fazer a castração. Um bom veterinário vai avaliar o estado do seu cão e fazer alguns exames só para ter certeza que está tudo certo com ele.

Cuidados com astração

No pré-operatório existem algumas restrições. O cãozinho que vai passar pela castração precisa estar em jejum. O dono deve retirar a água do cão com mínimo de seis horas antes da cirurgia e a restrição alimentar é de no mínimo 12 horas.

O seu médico veterinário vai explicar tudo isso na consulta antes da operação. Por isso não precisa se preocupar.

Aproveite para conferir nosso artigo sobre castração e seus benefícios

O dia da cirurgia

Cuidados com castração

Também existem cuidados no dia da cirurgia. Nesse artigo apenas adiantamos o que será necessário. Todos os cuidados serão devidamente explicados pelo veterinário.

  • Cães que tomam medicamentos

Antes da castração, durante a consulta, você deve informar se seu cão toma algum remédio como insulina. Se o seu cãozinho fizer uso de algum medicamento o veterinário vai te orientar sobre o que fazer no dia da operação.

É natural que o médico peça para no dia você reduzir a dose do remédio. Não fique preocupado.

A cirurgia é simples e consiste em remover os testículos do macho e os ovários e útero da fêmea. Será feita uma incisão para a retirada. Que depois será fechada. O veterinário vai anestesiar seu cãozinho e ele não vai sentir nada durante todo o processo.

Aproveite para conferir nosso artigo sobre como a castração ajuda a acalmar os cães

Pós-operatório

Cuidados com castração

O pós operatório também costuma ser mais tranquilo do que os tutores costumam imaginar. Os cuidados com castração são bem específicos, e o cão pode ficar por um tempo para observação, o mais comum é que ele vá para casa no mesmo dia.

Seu veterinário vai explicar como introduzir novamente a alimentação e água para o peludo. Não fique achando que ele tem que comer. Após a chegada ele pode estar enjoado devido a anestesia e não querer comer. É normal. Mas fique atento se isso dura mais de um dia é bom ligar para o veterinário.

Provavelmente até o retorno para a retirada dos pontos, você deverá limpar os pontos e troar o curativo. O veterinário vai explicar como isso será feito. Ele vai te passar todas as orientações, provavelmente antes mesmo da cirurgia ser realizada.

Aproveite para conferir nosso artigo sobre a idade certa para castrar o seu cão

Se for necessário dar algum medicamento ao seu peludo, o veterinário vai explicar como e em que horários devem ser dados.

cão na caminha de cachorro

Um dos cuidados com castração é proporcionar conforto para o seu peludo após a cirurgia. Uma caminha gostosa. Um lugar fresco e aconchegante, silêncio para ele descansar. Tudo isso é importante.

Dica

Para facilitar todo o processo, acostume seu cão o máximo possível ao toque. Facilite que ele deixe pegar nas patas, na barriga. Facilite o processo para seu cão, esse é um dos melhores cuidados com a castração.

cão beija dono

Se o seu peludo ficar assustado ou nervoso quando estiver se recuperando da cirurgia. O que é muito difícil. Basta tranquiliza-lo com carinho e amor, passe tranquilidade para ele e isso vai ajudar bastante na recuperação.

Fonte Oficial: https://webcachorros.com.br/cuidados-com-castracao-dos-caes/.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.