O zoológico de Berlim, capital da Alemanha, anunciou nesta segunda-feira um raro caso de nascimento de filhotes de pandas gêmeos. Na última terça-feira, a instituição havia anunciado que uma de suas principais atrações, a fêmea Meng Meng (“pequeno sonho”, em português), estava grávida depois de semanas de especulações. Cedida pelo governo da China em 2017, na chamada “diplomacia dos pandas“, junto do macho Jiao Qing (“pequeno tesouro”), ela deu à luz na noite de sábado, com um intervalo de uma hora entre cada nascimento.

É o primeiro nascimento de pandas ocorrido na Alemanha. Como determina o acordo firmado entre Pequim e os países que recebem os animais, os filhotes devem ser enviados à China entre os três e quatro anos no intuito de aumentar a preservação da espécie, ameaçada de extinção. Segundo informou o zoológico, os pequenos têm 186 e 136 gramas cada um e não tiveram o sexo determinado até o momento.

Meng Meng, panda fêmea, olha para um de seus filhotes no zoológico de Berlim Foto: 2019 ZOO BERLIN / REUTERS

— Existem apenas 1.864 pandas gigantes adultos na natureza e cada bebê contribui para a conservação da espécie — explica Andreas Knieriem, diretor da instituição.

Embora Meng Meng, de seis anos, e Jiao Qing, de 9, copulem sem maiores problemas, a fêmea passou por um processo de inseminação artificial para aumentar sua fertilidade, prejudicada pela condição de cativeiro. Como pandas usualmente cuidam de apenas um dos filhotes em casos de gêmeos e o macho não atua diretamente na criação, os bebês são acompanhados regularmente pelo zoo.

Recentemente, no início de agosto, um caso similar ocorreu na Bélgica. O caso foi celebrado pelos alemães, que acompanharam entusiasticamente o assunto pelas manchetes dos jornais mesmo antes da confirmação oficial. O prefeito de Berlim, Michael Muller, também comemorou:

— Que notícia fantástica! Toda a cidade de Berlim está encantada com a chegada dos filhotes!

Um dos pandas gêmeos recebe cuidados da equipe do zoológico de Berlim após o nascimento, ocorrido no último sábado Foto: HANDOUT / REUTERS

Meng Meng e Jiao Qing fazem parte de um contrato válido por 15 anos, no valor de US$ 15 milhões, e até o nascimento dos bebês eram os únicos representantes da espécie no país europeu. Ambos foram recebidos no zoológico há dois anos pela chanceler da Alemanha, Angela Merkel, e o presidente da China, Xi Jinping. A diplomacia dos pandas faz parte de um gesto de aproximação com aliados estratégicos de Pequim.

O presidente da China, Xi Jinping (à esq) e a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, posam para foto ao lado da panda Meng Meng, que deu à luz aos filhotes gêmeos, no momento da cerimônia de recepção dos pandas chineses em julho de 2017 Foto: AXEL SCHMIDT / STR

Fonte: Extra.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.