Muita gente adota um filhotinho alegre que brinca com todo mundo e com o passar do tempo aquele cão passa a estranhar outros cães, e se tornar até agressivo na presença de cães desconhecidos.

Esse comportamento é muitas vezes visto como um distúrbio comportamental, mas é na verdade um comportamento muito comum e muitos cães podem apresenta-lo. Aprenda como socializar novamente seu cão adulto, caso ele apresente esse comportamento.

Porque cães adultos podem estranhar outros cães?

Quando filhotes, os cães assim como as crianças, são muito mais receptivos a estímulos externos, eles podem ser levados para brincar com grupos de cães estranhos, sem apresentar nenhum problema. Isso por que estão aprendendo sobre o mundo ao seu redor, são curiosos e cada estímulo é como um aprendizado.

Cães adultos por sua vez, entre um ano e três anos de vida, são socialmente adultos, e em alguns casos, mesmo tendo sido socializados com outros cães quando filhotes, podem se afastar, rosnar ou latir para outros cães que eles não conheçam.

Isso é completamente normal e muitos cães podem agir assim, isso porque eles já não estão tão abertos a estímulos externos como estavam quando eram filhotes. Mas isso não significa que o cão é um cão mal, muito pelo contrário, a situação pode ser contornada e seu cãozinho pode ser socializado novamente.

Erros que podemos cometer

Muitos adestradores, inclusive, recomendam que quando o cão apresenta agressividade em relação a outro cão deve-se puxar a guia com um tranco e dar uma bronca, se essa for a única saída no momento, é melhor do que não ter reação nenhuma e isso poder fazer o cão acreditar que está fazendo algo certo.

Mas ainda assim, essa reação não é tão recomendada, isso por que o cão pode associar a bronca erroneamente a presença do outro cão, e ao invés de entender que não deve latir ou rosnar para o outro cachorro, ele pode acreditar que a bronca acontece por que existe outro cão por perto, e assim associar cães desconhecidos a algo negativo.

Como devemos agir para socializar cães adultos a outros cães

Levar o cão para brincar com outros cães no parque pode não ser a melhor solução, força-lo a uma socialização pode causar uma briga e ele não vai simplesmente se socializar sozinho de repente. O ideal é levar o cão para passear, e quando encontrar outro cão pelo caminho, distrair seu cão antes que ele veja o outro cão.

Leve um petisco e o distraia antes dele ver o outro cão e quando ele notar o outro cão por perto vai passar a associar cães desconhecidos a algo positivo, isso não vai acontecer no primeiro passeio. Será necessário repetir a experiência muitas vezes.

Se você tem um cão muito forte leve outro integrante da família ou amigo de quem o cão goste junto, assim são mais pessoas para evitar um incidente e mais reforço positivo para seu cãozinho.

Evite acariciar e dar o petisco se seu cão começar a rosnar e latir para outro cão, tende reforçar cada vez mais o comportamento tranquilo, assim ele associa cães estranhos a experiências positivas e o fato dele estar tranquilo a sua satisfação.

Cada cão é diferente

É importante ressaltar que os cães podem reagir de formas diferentes aos estímulos, assim como muitas pessoas podem não ser tão sociáveis, também é importante respeitar o conforto do cão.

Mesmo sendo possível socializa-lo, se o cão realmente se demonstrar desconfortável com a presença de outros cães, não vale a pena forçar, o importante é sempre mostrar ao cão que agressividade é um comportamento reprovado por você.

Com o tempo, e muita força de vontade da parte do tutor, o cão pode se socializar novamente com cães desconhecidos, ou pode apenas não reagir de forma agressiva, porém não querer contato com outros cães. Respeite o espaço do seu cão e não force uma aproximação que ele não queira, isso pode resultar em incidentes.

 Fonte: WebCachorros