A presença de um casal de gaviões fez com que uma escola de Limeira (SP) mudasse o local de entrada e saída dos alunos nesta semana. Isso porque as aves fizeram dois ninhos em árvores próximas ao colégio e uma delas fica em frente ao portão principal. Após relatos de que os animais avançaram sobre pedestres, o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil isolaram dois pontos da rua, que fica no bairro São Luiz.

(Foto: Wagner Morente/Comunicação GCM Limeira)

Cada árvore fica em um lado da rua. O ninho que tem um ovo está do lado do colégio e o outro, com dois filhotes, ficou no outro ponto.

A mudança, no entanto, foi aprovada pelas crianças e adolescentes que estudam na escola. Para elas, a preservação do meio ambiente é necessária e o cuidado com as aves vira uma obrigação. “Eles não estão fazendo isso por mal, é só para defender os filhotes”, afirma um aluno.

“Eu acho importante para os animais. Eles estão aqui primeiro do que a gente. É preservar a natureza. Resta muito pouco então a gente tem que cuidar do que ainda tem”, afirma uma estudante.

(Foto: Ricardo Custódio/EPTV)

O isolamento das áreas ocorreu na segunda-feira (15). As aves, da espécie Gavião Carijó, são protegidas por lei e não podem ser retirada do local. Além da Defesa Civil e dos bombeiros, a Guarda Civil Municipal (GCM) de Limeira e até biólogos foram chamados.

A conclusão das autoridades é que as aves avançam quando há a aproximação das pessoas principalmente com a árvore onde está o ninho de filhotes, que fica no lado oposto ao da escola. Mesmo assim, para segurança dos animais e das crianças, o colégio optou por alterar a entrada principal.

Segundo a GCM, a corporação fará rondas para orientar os pedestres e os vizinhos para que se mantenham distantes.

Fonte: G1

Leia mais em: https://www.anda.jor.br/2018/10/escola-altera-local-entrada-gavioes-fazerem-ninhos-arvores/.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.