Mike Wilson e Megan Hanneman são proprietários de uma empresa que fabrica móveis de parede para gatos. Dois animais da espécie viviam há alguns meses com o casal – e testavam os móveis para que os donos da empresa descobrissem quais agradavam mais os gatos em geral – quando Bronson chegou à família. Extremamente obeso, o gato conquistou o coração do casal, que decidiu adotá-lo para mudar – e salvar – a vida dele. Os dois classificam o gato como “um doce gigante”.

(Foto: Arquivo Pessoal / Reprodução / Bored Panda)

“Um dia, quando tínhamos apenas 45 minutos antes de termos que estar no trabalho, decidimos ir a Humane Society local para dar uma olhada. Quando entramos, fomos instantaneamente atraídos para esse gigante gentil chamado Bronson. Depois que saímos, nenhum de nós conseguia parar de falar dele e como seria divertido trazê-lo para casa e ajudá-lo a perder seus quilos extras”, contou o casal. As informações, do Bored Panda, foram traduzidas pelo site Histórias com Valor.

Eles decidiram, então, voltar ao abrigo no dia seguinte e adotar o gato. O passado do animal é um mistério, havendo a única informação de que o último tutor de Bronson havia morrido, mas nada sobre o motivo que levou o gato a engordar 15 quilos em três anos de vida. A suspeita, no entanto, é de que Bronson tenha sido alimentado de forma inadequada, com restos de comida não saudáveis, por uma pessoa idosa.

“Entramos para vê-lo e imediatamente nos apaixonamos. Eu lembro das minhas bochechas ficarem doendo por ficar sorrindo durante tanto tempo. Ele era o gato mais doce que já havíamos conhecido e parecia estar tão feliz por estar em casa e ter um grande espaço só para ele”, disseram.

(Foto: Arquivo Pessoal / Reprodução / Bored Panda)

Após a adoção, o gato foi imediatamente levado ao veterinário e o tratamento para emagrecimento foi iniciado. “É muito importante para os gatos obesos, ​​perderem peso lentamente, ou podem ter uma doença hepática gordurosa, que pode se tornar uma doença fatal. Ajustamos a dieta de Bronson três vezes desde que o adotamos, mas achamos que ele está no caminho certo para perder esse peso com segurança”, afirmaram.

O gato, atualmente, consome 375 calorias por dia – dividas entre ração e comida úmida sem grãos preparada pelos tutores. Uma rotina de exercícios também foi estabelecida e, após um período, alterada para que reajustes necessários fossem feitos.

“A princípio, era brincar com brinquedos com ele deitado, durante cerca de 20 minutos por dia e também levando-o para o andar de baixo, para que ele precisasse subir de novo para voltar ao seu local favorito para dormir”, contaram. “Atualmente, sua rotina de exercícios é composta por mover seu prato de comida ao redor da sala, para promover a caminhada e ainda brincar com brinquedos enquanto ele está deitado”, completaram.

De acordo com os tutores, o brinquedo favorito do gato é “um tomate cheio de nepenta, que ele gosta de atacar, morder e chutar com as patas de trás”.

(Foto: Arquivo Pessoal / Reprodução / Bored Panda)

A história de Bronson é tão comovente que o gato já ganhou uma conta no Instagram e, em pouco mais de dois meses, conseguiu mais de 13 mil seguidores. “Começamos uma conta no Instagram para ele, para que as pessoas pudessem acompanhar sua jornada de perda de peso”, explicaram os tutores. “Muitos de seus seguidores estão dispostos a compartilhar suas dicas sobre a perda de peso em felinos”, lembraram.

Entretanto, não há, em relação a Bronson, apenas momentos comoventes e felizes. Existem também dificuldades. Carregá-lo no colo foi, inicialmente, uma delas. “Carregar Bronson se tornou um problema desde o início. Ele é tão grande que quase não existe uma boa maneira de pegá-lo sem sentir que estamos machucando ou esmagando ele. Para combater esse problema, inventamos o ‘travesseiro de transporte’, que é… apenas um travesseiro. Por mais simples que seja a ideia, carregá-lo com o travesseiro foi uma ótima maneira de transportá-lo sem o deixar incrivelmente desconfortável”, revelaram.

As dificuldades, no entanto, não escondem as qualidades do gato. “Uma das mais fofas é que ele quase sempre dorme com um travesseiro. Ele também não se impede de ocupar muito espaço na cama. Nós basicamente dividimos a cama em três”, disseram Mike e Megan.

O objetivo do casal é que Bronson perca meio quilo por mês e possa se juntar aos outros gatos nas brincadeiras com os móveis de parede, os quais, no momento, o gato não consegue acessar devido ao peso excessivo. “Atualmente ele já perdeu quase 1 quilo. Então está a caminho de uma vida saudável”, concluíram.

Leia mais em: https://www.anda.jor.br/2018/11/familia-adota-gato-obeso-e-inicia-tratamento-para-que-ele-emagreca/.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.