A Big Island Dairy, uma fazenda de produção de laticínios que opera no Havaí, anunciou que deve encerrar suas operações. A Kuale Ookala, organização fundada por ativistas de Ookala, onde está instalada a empresa, entrou com um processo contra a propriedade em 2017. Segundo os ativistas, a Big Island Dairy violou a Lei federal de Água Limpa em diversas ocasiões.

A fazenda ocupa 8 quilômetros quadrados de terras com 1800 vacas. (Foto: pixabay)

A Kuale Ookala estima que, em maio, foram despejados mais de 8 milhões de litros de dejetos líquidos em canais da cidade. Em agosto, mais 21 milhões de litros acabaram no oceano. O Departamento de Saúde cobrou uma multa de 25 mil dólares a Big Island Dairy, no segundo incidente.

A propriedade está à venda e os donos procuram por um comprador que possa continuar com as atividades. No entanto, as vacas que eram utilizadas para a produção de leite serão removidas até fevereiro de 2019.

Leia mais em: https://www.anda.jor.br/2018/11/fazenda-que-produzia-laticinios-e-fechada-no-havai-apos-acao-de-ativistas/.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.