Por David Arioch

Proteína é considerada uma fonte ilimitada, que não depende de clima nem de irrigação (Foto: Divulgação)

Recentemente a startup finlandesa Solar Foods desenvolveu uma tecnologia capaz de produzir proteína em pó a partir de uma combinação de eletricidade de fonte renovável, água e dióxido de carbono (CO2) capturado do ar.

Com essa mistura, os finlandeses criaram a Solein, que conta com 50% de proteínas em sua composição e é considerada uma fonte ilimitada, que não depende de clima nem de irrigação. “É livre das limitações agrícolas e dos limites da imaginação”, informa a empresa em seu site.

Em entrevista ao Telegraph, o CEO Pasi Vainikka declarou que para produzir a proteína sustentável eles estão trabalhando com um reator do tamanho de um homem.

“A fábrica em grande escala não teria reatores do tamanho de um homem, mas sim de um ônibus. Se você tem vários deles, de repente você está produzindo milhares de toneladas de [Solein] por ano”, enfatiza.

Fundada em 2017, a Solar Foods informa que enquanto 50% da composição da Solein é proteína, os outros 50% são compostos por carboidratos e lipídios.

“Acreditamos que a produção de proteínas não deve ser limitada pelos nossos recursos naturais. Também achamos que isso não deve sobrecarregar o meio ambiente”, informa.

E acrescenta: “O nosso bioprocesso garante proteínas naturais de CO2, água e eletricidade. É um processo de fermentação [microbiana] totalmente natural, com um produto final que parece e tem gosto de farinha de trigo. E a melhor parte? Não é limitado.”

A princípio a intenção da Solar Foods é fornecer a nova proteína como matéria-prima para a indústria de hambúrgueres à base de vegetais. O produto deve chegar ao mercado em 2021.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

Leia mais em: https://www.anda.jor.br/2019/07/finlandeses-criam-proteina-sustentavel-em-po-a-partir-de-co2/#utm_source=rss&utm_medium=rss.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.