Na última quinta-feira (27), uma bala perdida entrou pela janela da casa da norte-americana Angelica Sipe, na Pensilvânia (EUA). A bala atravessou a casa e atingiu Opie, seu gato que dormia no sofá da sala.

“Levei um segundo para perceber o que havia acontecido. A primeira coisa que fiz foi verificar se estava tudo bem com o meu filho, que estava dormindo. Então vi meu gato no chão e foi aí que percebi que Opie tinha sido baleado”, disse Sipe ao canal “Fox News”.

A mulher diz acreditar que o gatinho acabou salvando a vida de seu filho, que tem três anos de idade. A bala acertou de raspão o lado esquerdo da cabeça do bichano e passou por seu pescoço e ombro, atravessando o quarto onde a criança dormia e parando a apenas alguns centímetros do travesseiro dela. “Poderia ter sido meu filho”, afirmou.

O gato foi operado e sua conta do tratamento chegou a US$ 1 mil (cerca de R$ 3 mil), mas Sipe diz que não vê problema em pagar a quantia. “Ele foi o herói do meu filho.”

 

Fonte: Catraca Livre

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.

DEIXE UMA RESPOSTA