O governo do estado de Queensland na Austrália está em vias de aprovar a expansão de um campo de tiro que eliminará 5,4 hectares (ou cerca de 52 mil m²) do habitat dos coalas. A população já em queda desses animais, pode não suportar mais esse golpe com a perda de significativa de seu habitat.

Os coalas sofreram uma queda grande na população da espécie nos últimos cem anos e agora são tecnicamente classificados com o status de “vulneráveis” à extinção, embora muitos grupos de bem estar animal estejam lutando para que esse status seja alterado para o mais preciso e perigoso: “criticamente ameaçados”.

Tragicamente, 2 hectares (cerca de 20 mil m²) do território já foram liberados para o projeto. Não é apenas a quantidade de terra que representa um problema, mas também o fato deste local ser um habitat crítico por onde coalas e petauros-do-açúcar circulam livremente. Destruí-lo seria devastador para ambas as espécies.

Mais de 100 avistamentos de coalas foram relatados nessa área. A espécie têm encontrado maior dificuldade para sobreviver desde que passou a comer apenas uma planta: o eucalipto. É por isso que eles não são capazes de mudar de habitat tão facilmente, caso o fizessem, passariam fome. É cruel e irresponsável, por parte do governo, permitir que este projeto continue.

Esses seres sencientes permanecem impotentes perante a destruição de seu único lar. Penso nisso a Care2 Team iniciou uma petição destinada ao governo australiano pedindo a paralisação imediata do projeto. O documento já tem mais de 100 mil assinaturas. Para assinar e ajudar os coalas clique aqui.

Leia mais em: https://clubedosanimais.com.br/wp-content/uploads/2019/03/governo-australiano-planeja-destruir-habitat-dos-coalas-para-fazer-campo-de-tiro-anda.br/2019/03/governo-australiano-planeja-destruir-habitat-dos-coalas-para-fazer-campo-de-tiro/.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.