A ciência explica que os animais agem por instinto, já que não são dotados de consciência, ao contrário dos humanos. Contudo, algumas histórias são tão curiosas, que nos levam a pensar que existe algo a mais na cabeça de alguns bichos de estimação.

Conheça alguns casos de animais que viveram suas próprias aventuras em viagens surpreendentes.

Zander, o husky fujão

Quando John Dolan se ausentou de casa para ser hospitalizado em Nova York, devido a uma doença de pele, seu fiel cachorro Zander ficou bastante desanimado. Como todo bom husky fujão, o cão conseguiu escapulir de casa e percorreu mais de dois quilômetros em busca do dono. Finalmente, encontrou o hospital onde Dolan estava internado e o esperou na porta, até que as enfermeiras notaram sua presença, propiciando o reencontro.

Emily, a gata viajante (por engano)

Dizem que a curiosidade matou o gato. Nesse caso, Emily se perdeu dentro do centro de distribuição de uma empresa de papel perto de Appleton, Wisconsin. Por engano, o felino entrou em um container de transporte de um navio, onde fez paradas em Chicago e na Bélgica antes de chegar a seu destino final, em Nancy, França. Os trabalhadores do navio a encontraram, leram a placa de identificação e ligaram para seu veterinário nos Estados Unidos. Desta forma, a gatinha se reencontrou com sua família, que não hesitou em ir buscá-la.

Buck, o cão que atravessou 500 quilômetros em busca do dono

Mark Wessells estava se mudando e teve que deixar seu amado labrador preto com seu pai, que vivia a 500 quilômetros de distância da casa em que ele morava, com o cão, na Carolina do Sul. Buck não suportou a decisão e fugiu de seu lar temporário. Depois de meses procurando o dono, sem sucesso, o labrador foi encontrado perambulando por seu antigo bairro, ainda à procura de Wessells.

Como não sabia a quem pertencia o cachorro, o homem que o encontrou o levou para casa. Durante uma visita ao veterinário, ele descobriu quem era seu verdadeiro dono por meio de um microchip instalado em Buck. Dessa forma, o cão conseguiu reencontrar Wessells.

Buck-Labrador-animal-planet

Capitão, companheiro para sempre

O dono deste pastor alemão faleceu em 2006, deixando-o arrasado. Capitão ficou tão triste que um dia desapareceu de sua casa, localizada na província argentina de Córdoba, deixando para trás o restante da família. Eles o procuraram por toda parte e finalmente o encontraram, mas no lugar mais improvável: diante do túmulo de seu dono. O mais surpreendente é que o cão nunca havia estado ali antes, mas acredita-se que tenha rastreado o odor de seu amigo humano. Desde então, Capitão mora no cemitério.

Fonte: Animal Planet