Um cachorro morreu em um incêndio que atingiu um galpão no qual funcionava uma assistência técnica a aparelhos eletrônicos no Belenzinho, na Zona Leste do município de São Paulo.

O fogo, que tomou conta do local na madrugada da última terça-feira (24), destruiu o galpão. Nenhuma pessoa se feriu, mas o cão que vivia no local não conseguiu escapar. As informações são do portal G1.

(Foto: Divulgação / Imagem Ilustrativa)

O Corpo de Bombeiros foi acionado e 89 homens, em 28 equipes, uniram-se para combater as chamas. Após quatro horas, o fogo foi controlado. Os bombeiros agiram em três frentes nos arredores da Rua Siqueira Bueno. A intenção era acelerar o combate às chamas devido ao fato do galpão estar localizado nas proximidades de uma escola particular e de uma fábrica de livros didáticos, com materiais inflamáveis no interior.

Moradores da região fizeram imagens do fogo e registraram explosões. O incêndio teve início pouco antes das 22h de segunda-feira (23) e se espalhou rapidamente, atingindo, inclusive, a fiação elétrica do galpão e provocando um curto-circuito.

O prédio que pegou fogo não tinha Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), nem seguro. O proprietário preferiu não dar entrevistas. A causa das chamas deve ser descoberta por perícia. A suspeita, entretanto, é de que um balão tenha dado início ao incêndio.

Leia mais em: https://www.anda.jor.br/2018/07/incendio-atinge-galpao-e-mata-cachorro-na-zona-leste-de-sao-paulo/.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.