O ativista e autor Gene Baur, presidente e co-fundador do santuário e organização de direitos animais Farm Sanctuary foi convidado a participar de uma série apresentada pelo jornalista Tucker Carlson, da Fox News. Durante o programa, chamado Tucker Takes On, o apresentador tentou silenciar o ativista vegano – mas por mais esforço que fizesse, ele não conseguiu desvirtuar a sua mensagem.

Enquanto a entrevista acontecia, diferentes tópicos iam surgindo e sendo debatidos. Entre eles estavam o direito moral de comer animais, a indústria de laticínios e o bem-estar animal.

Foto: Farm Sanctuary

A noite começou com Carlson, que iniciou a conversa dizendo, em tom provocativo: “Você tem suas visões sobre o que deveríamos comer, eu também – eu amo burrata – mas eu não estou tentando forçar ninguém a comer burrata. Parece que está dando um grande passo ao assumir que você tem o direito de dizer às outras pessoas o que comer. Por que você está fazendo isso?”.

Baur conseguiu responder à pergunta com toda a serenidade que não estava presente na fala do apresentador. “Bem, na verdade eu não estou dizendo às pessoas o que elas devem ou não devem comer, só quero que as elas pensem sobre suas escolhas alimentares e reconheçam as conseqüências daquelas e também reconheçam que não comer animais é uma opção que temos”, explicou.

“Nós crescemos acreditando que precisamos de carne para proteína, mas na verdade nós podemos viver bem sem isso. Então, é uma escolha que todos nós precisamos fazer, mas devemos fazer escolhas informadas”, ele continuou. E a resposta não foi rebatida pelo apresentador que, ao que tudo indicava, não tinha algo substancial para contra argumentar no momento.

Em outro ponto da discussão, ainda falando sobre o veganismo especificamente, Carlson disse que “não acha que é uma ideia maluca”, acrescentando que ele “ama animais” e não gosta do modo como as fazendas industriais os tratam. Mas ele acrescentou que conhece veganos que são exigentes e que parecem “fáceis de empurrar” – em uma tentativa de dizer que o veganismo não seria uma opção saudável para as pessoas.

“Nem todos os veganos são tão magros”, respondeu Baur. “Na verdade, o único levantador de peso americano que se qualificou para o Rio [Olimpíadas] é vegano. Há fisiculturistas e atletas vegan incríveis”, ele fez questão de lembrar. Carlson admitiu que Baur “trouxe dados convincentes”.

Para finalizar o debate, Carlson trouxe uma pergunta que, ao seu ver, seria de difícil resposta: “Temos domínio sobre os animais ou eles são assim como nós? Eles são iguais às das pessoas?” Baur, novamente com muita calma, tranquilidade, (e citando uma fala do Tio Ben no filme O Homem-aranha) explicou a ele que nós “temos poder sobre outros animais e com muito poder, temos muita responsabilidade. Portanto, podemos matá-los, mas se devemos matá-los é uma questão ainda maior”.

“Ok”, disse Carlson. “Eu tenho que dizer que comecei este segmento pensando ‘esse cara é provavelmente louco’ mas eu acho que você é realmente razoável e atencioso e eu não concordo com tudo que você disse, mas eu aprecio você vindo hoje à noite.” “E eu aprecio sua preocupação com os animais e sua abertura para essas questões”, finalizou Baur, com um sentimento de dever cumprido.

Leia mais em: https://www.anda.jor.br/2018/09/jornalista-da-fox-news-falha-ao-tentar-desvirtuar-mensagem-de-ativista-vegano/.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.