Cachorros de raças muito peludas, como chow-chows e collies, e gatos de pelos longos, como os persas, estão propensos a nós nos pelos. Qualquer pelo embaraçado é feio, mas os nós nas axilas e na virilha são dolorosos. Os nós podem causar contusões e, algumas vezes, inflamações.

Um animal com o pelo embaraçado pode relutar em se mover, porque andar machuca, e pode recuar ou morder se você tocá-lo. No entanto, com as ferramentas apropriadas e cuidado, é fácil remover os nós em casa.

Peça que alguém imobilize delicadamente o seu animal, para que você possa usar as duas mãos. Primeiramente, coloque amido de milho em pó sobre o chumaço de pelo seco, para ajudar a separar os fios e tornar o nó mais fácil de desfazer. Segure o pelo para evitar que ele seja puxado e use um pente com dentes separados ou uma cardadeira para mexer na “maçaroca”.

Se seu animal não tolerar isso, elimine o nó com tosador elétrico, um cortador de bigode ou um barbeador. Se tudo que você tiver for uma tesoura com pontas arredondadas, coloque um pente sob o nó ante de cortá-lo.

Depois que o nó tiver sido removido, alivie o edema ou qualquer desconforto, colocando gelo embrulhado em uma toalhinha milhada durante 10 a 15 minutos, duas vezes por dia, durante dois dias. Se você tiver removido o nó com barbeador, use creme de hamamélis, uma solução vegetal calmante, à venda em farmácias, para aliviar a irritação das lâminas do tosador. Ou então aplique um creme à base de cortisona nas áreas sem pelos. Para prevenis nós, escove seu animal regularmente.