O hospital atende animais selvagens desde novembro de 2018, e já salvou vidas de ursos e leopardos.


O primeiro hospital veterinário de elefantes na Índia abriu no final do ano passado, e desde então, tem tratado de animais doentes e lesionados.

Esse centro médico especializado foi construído pelo grupo pelo bem-estar animal, Wildlife SOS, uma organização sem fins lucrativos que resgata animais selvagens pela Índia, fundada em 1995.

Ao longo dos anos, o grupo já resgatou muitos ursos, leopardos, tartarugas e, é claro, elefantes; desde sempre tentando ajudar com o máximo que puderem para com todos os animais.

Desde 2008, a instituição já salvou um total de 26 elefantes de condições terríveis de vida, em situações que aperta o coração de qualquer um. Geralmente, esses animais são salvos de cruéis atrações turísticas como os circos, templos, parques de montaria em elefantes e de “donos privados”.

A Wildlife SOS atualmente dirige dois santuários de elefantes na Índia: o Elephant Conservation and Care Centre, em Mathura, e o Elephant Rescue Center, em Yamunanagar.

O hospital veterinário nasceu com a urgência da instituição em ter estabelecimentos com instalações e ferramentas que pudessem ajudar os elefantes resgatados – já que muitos destes mamíferos chegam exaustos e debilitados depois de anos de exploração e alimentação inapropriada.

Aqui no Brasil, temos ONGs como a Mata Ciliar, localizada em Jundiaí, que resgata animais silvestres, cuida de sua saúde, reabilita seus instintos, e retorna o animal ao seu habitat natural – hoje, com baixo número de doações para fechar as contas da alimentação dos animais.

 

Leia mais em: https://www.anda.jor.br/2019/05/ong-constroi-primeiro-hospital-veterinario-para-elefantes-na-india/#utm_source=rss&utm_medium=rss.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.