Com a chegada dos dias frios, a ONG É o Bicho, de Pato Branco, no Paraná, decidiu transformar caixas d’água em abrigos para animais abandonados e comunitários – isso é, aqueles que não têm um único tutor e vivem na rua recebendo cuidados de diversas pessoas.

(Foto: Nathália Vargas)

Vários abrigos foram colocados em diversos pontos da cidade, como nos bairros Jardim Primavera, Fraron e Parque do Som. As informações são do portal Diário do Sudoeste.

Entretanto, como abrigar os animais não é suficiente, a entidade conta com a colaboração de moradores dos bairros, que fornecem água e ração. “Os voluntários da ONG circulam pelos locais onde há casinhas para ver como os animais estão, mas é fundamental que os moradores ajudem a cuidar deles, porque estão mais próximos e percebem a sua necessidade”, comentou a presidente da ONG, Ana Kerber.

De acordo com Ana, quando os animais que utilizam os abrigos são adotados, as casinhas são levadas para outros locais onde há animais que necessitam delas. Antes de serem doados, os animais são castrados por meio de um projeto da Prefeitura do município.

Seis pessoas atuam de forma direta na ONG e outras 20 são voluntárias em projetos e feiras de adoção. “Pedimos que as pessoas da vizinhança cuidem para que as caixas d’água não fiquem sujas, nem com a tampa aberta, para que o abrigo cumpra a função de proteger os animais do frio e da chuva. Também, que ajudem a manter os potes de água e comida limpos, despertando em todos a responsabilidade de cuidar desses animais”, disse a presidente da entidade.

Para adotar um animal, doar uma caixa d’água ou ração basta entrar em contato com a ONG através da página no Facebook.

Fórum de proteção animal

Um projeto de lei, de autoria do vereador Fabrício Preis de Melo (PSD), que prevê a criação do Fórum Municipal Permanente de Debates sobre a Proteção e Defesa dos Direitos dos Animais, foi aprovado em primeira votação pela Câmara Municipal de Pato Branco.

A proposta tem o objetivo de mobilizar segmentos da sociedade para o debate de políticas públicas que fomentem a regulamentação de questões relativas à causa animal. O fórum deve ser realizado através de um evento anual realizado na primeira semana do mês de outubro.

De acordo com o projeto, serão convidados a participar do fórum as entidades de proteção animal, os ativistas, os protetores, os voluntários, os colaboradores e os apoiadores que atuam em prol dos animais.

Leia mais em: https://www.anda.jor.br/2018/06/ong-transforma-caixas-dagua-em-abrigos-para-animais-abandonados/.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.