Publicado no último dia 7 no periódico científico PLOS Biology, um novo artigo delineia a ideia de criar, de forma inédita, uma lista de todas as espécies do planeta. A relação incluirá animais, plantas, fungos e até mesmo micróbios.

Por mais difícil e demorada que a tarefa pareça ser, ela é essencial. Atualmente, não existe uma lista de todas as espécies que seja unânime entre a comunidade científica.

A elaboração desse levantamento pode ser útil para que organizações e governos consigam monitorar e proteger todos os seres vivos de forma mais sistemática e segura. Além disso, a publicação dessa lista pode acelerar e aprofundar o estudo sobre a biodiversidade da Terra.

De acordo com o artigo do último dia 7, o papel principal na construção do levantamento será dos taxonomistas. Eles serão responsáveis por dar a palavra final sobre o reconhecimento e a diferenciação de espécies, por exemplo.

Continua após a publicidade

Embora enfatizem a importância dessa relação, os autores do estudo reconhecem que listar os seres vivos existentes não fará com que a extinção de espécies desacelere. Contudo, afirmam, trata-se de um passo importante em nome da conservação.

Fonte: Veja.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.