A ervilha é um alimento muito nutritivo, possuindo um bom perfil de aminoácidos que são interessantes para a manutenção e aumento de massa magra, bem como a formação de enzimas, regulação hormonal, enfim, importante para a parte estrutural de nosso organismo.

Segundo a nutricionista Fernanda Cabanas ela é uma ótima opção para veganos, parecida com a proteína de arroz. “Elas são bem semelhantes no perfil de aminoácidos, agora quando comparadas as proteínas animais ambas tem ação semelhante no quesito de ganho de de massa magra, mas seu grande diferencial é que são hipoalergênicas, podendo ser utilizadas por um número maior de pessoas como crianças, idosos e gestante”, diz.

Não há restrições para o consumo, a não ser que o indivíduo tenha alguma intolerância ou alergia a ervilha, fora a isso ela pode ser consumida em shakes, cremes, sopas, receitas de pães, panquecas e bolos, por exemplo.

Segundo Fernanda a melhor forma de consumir o alimento é cru. “Acrescentando em shakes, barrinhas raw e cremes frios. Deve-se ficar atento ao aquecimento excessivo que poderá desnaturar as proteínas, perdendo assim alguns de seus benefícios”, explica.

Fonte: Web Run

Via: Anda.jor.br