Um supervisor do departamento de construção fazia inspeções de rotina em propriedades de aluguel, na vila de Newburgh Heights, em Ohio, EUA. Tudo parecia normal, até deparar-se com uma casa que possuía dois cães amarrados no porão e dois filhotes presos no sótão.

Foto: Newburgh Heights Police Department

Nenhum dos quatro cães tinha acesso a comida ou água, e tanto o sótão como o porão estavam completamente sujos. Os animais estavam extremamente necessitados e tristes, então o homem entrou em contato com a polícia local, na esperança que eles pudessem ajudar.

Preocupados com o bem-estar dos cães, os oficiais do Departamento de Polícia de Newburgh Heights responderam ao chamado o mais rápido possível, mas ficaram chocados com o que encontraram dentro da casa.

Foto: Newburgh Heights Police Department

Os dois PitBulls mais velhos estavam sendo mantidos presos no porão por uma só coleira, que estava enrolada em torno de uma pilastra. Isso dava aos cães poucos centímetros de espaço para que se movimentassem.

Além disso, todo o porão estava sujo e não havia comida, água, brinquedos, camas ou qualquer outra coisa que desse o mínimo de conforto aos animais.

Enquanto os oficiais inspecionavam o resto da casa, encontraram um homem que afirmou morar no local, Dion Harris. Harris alegou que os cães não eram seus e que ele nem havia percebido que ainda estavam lá.

Os policiais então resgataram os cachorros da casa e levaram-os para instituição Cleveland Animal Protective League. Lá, os quatro PitBulls foram examinados e receberam cuidados e carinhos necessários.

Um dos animais foi diagnosticado com vermes, porém todos os outros apresentaram uma saúde surpreendentemente boa. Os funcionários do abrigo decidiram chamá-los de Elaine, Louise, Phineas e Candace.

Tanto Harris quanto Jasmine Grays, outra moradora da casa na época em que os cães permaneceram presos, receberam quatro acusações de crueldade contra animais.

Louise, Phineas e Candace já foram adotados, e agora estão em lares onde receberão carinho e os cuidados necessários.

Um supervisor do departamento de construção deparou-se com uma casa que possuía dois cães amarrados no porão e dois filhotes presos no sótão.

Foto: Newburgh Heights Police Department

Elaine ainda está se recuperando do tratamento contra vermes, e assim que estiver saudável será colocada para adoção, para que também possa encontrar uma família e receber todo o amor que merece.

Leia mais em: https://www.anda.jor.br/2018/07/caes-resgatados-casa-viviam-presos/.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.