A iniciativa visa combater a queda nas vendas de laticínios nos últimos anos. Marcas como a Activia e o iogurte Actimel são consideradas para tornarem-se veganas.

A Danone, uma multinacional do ramo alimentício e a maior produtora de iogurte do mundo, está considerando lançar iogurtes veganos.

Foto: Reprodução Instagram

O vice-presidente executivo da divisão de negócios de laticínios e vegetais da Danone, Francisco Camacho, disse à Bloomberg que acrescentar opções veganas de iogurte às suas populares marcas de lácteos talvez já fosse um plano da empresa.

Um porta-voz da Danone forneceu mais informações sobre os projetos da empresa: “A intenção é que possamos disponibilizar alternativas aos consumidores que procuram e gostariam de ter escolha entre alimentos de origem animal e vegetal”.

Não é nenhum segredo o por quê da Danone considerar o lançamento de variedades veganas sob marcas de iogurte bem conhecidas.

A gigante do setor lácteo, que concluiu a aquisição da empresa americana de alimentos veganos WhiteWave Foods, que inclui marcas como So Delicious, Vega, Alpro e Silk, em abril de 2017, vem apresentando um grande crescimento graças a seus rótulos à base de vegetais.

A empresa divulgou seus ganhos do terceiro trimestre de 2017, que tiveram um aumento de US $ 760 milhões após a compra da WhiteWave. Um relatório de vendas mais recente, divulgado em janeiro, creditou “alimentos e bebidas à base de plantas” como responsáveis por um forte crescimento nas vendas.

O iogurte tradicional de leite de vaca está sendo abandonado pelos consumidores. De acordo com um relatório da Euromonitor, o mercado de iogurtes dos EUA deve ter muitas perdas nos próximos anos.

O mercado pode ter dificuldades para se manter à tona também em outras regiões do mundo. A empresa de análise Kantar Market Research revelou em um relatório recente que as vendas de iogurte de origem animal estão em declínio no Reino Unido, citando o teor de açúcar e um crescente interesse em alimentos mais saudáveis ​​e vegetais como um dos fatores que contribuem para o declínio do produto.

Enquanto isso, um relatório recente da Future Market Insights mostrou que a crescente demanda por alternativas não lácteas deve impulsionar o mercado de iogurte à base de vegetais para um valor de US $ 7 bilhões até o ano de 2027.

A Danone ainda não anunciou um cronograma para os iogurtes veganos Activia e Actimel, no entanto, a empresa expressou que não quer perder a capitalização de tendências crescentes, e alimento à base de plantas provou ser uma das tendências mais significativas de 2018.

Leia mais em: https://www.anda.jor.br/2018/06/danone-considera-lancar-iogurtes-veganos/.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.