O Reino Unido encabeça uma ação em conjunto com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos, cerca de 30 bancos do mundo e grandes instituições financeiras.

O objetivo é identificar e bloquear as transações financeiras decorrentes da caça ilegal e tráfico de animais.

As cifras envolvendo espécies raras são altas. Por isso, a participação das instituições financeiras é fundamental para rastrear as ações dos bandidos.

Segundo representantes do Reino Unido na ação, pouco se fez até hoje em relação à motivação financeira por traz da caça e tráfico de animais. Nesse sentido, bloquear a passagem e dinheiro não ó desestimula a atividade, mas ajuda desmontar redes criminosas internacionais.

A ação mobilizará recursos financeiros das instituições envolvidas, bem como investigações transfronteiriças.

Leia mais em: https://www.anda.jor.br/2018/10/reino-unido-tenta-reprimir-trafico-de-animais/.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.