Às vezes as pessoas se mudam pra longe ou precisam passar um tempo muito grande fora de casa, e é em ocasiões como essas que o transporte de um cão em um avião acaba sendo necessário. É complicado só de imaginar, mas é possível levar seu cãozinho com você em uma viagem de avião e muitas vezes é necessário, afinal, se você vai se mudar para outro país, o seu cão não pode ficar para trás.

Vamos explicar nesse artigo o que é necessário para levar seu cãozinho em uma viagem de avião, dar dicas sobre como agir em relação à saúde mental do bichinho e algumas dicas de planejamento.

cães em avião

Planejamento

Saiba que será necessário avisar previamente a empresa do voo que você pretende levar um cão na viagem, será cobrado um valor adicional pelo transporte do bichinho, o valor é baseado no peso do animal + o peso da caixa de transporte e tem relação com o valor da passagem que você estará pagando para si, não pense que seu cão vai no seu colo, não é bem assim.

Por isso é necessário conferir junto à empresa quanto ficará o custo de transporte do seu cãozinho e já estar preparado para gastar mais, principalmente se o seu cão não for de pequeno porte.

cão com avião

Como é realizado o transporte?

Em alguns casos é permitido que o cachorro seja transportado na cabine, junto ao dono, isso depende do porte e peso dele, e essas regras variam de acordo com as companhias aéreas, você pode consultar todas e descobrir qual lhe agrada mais. Tenha a certeza que se o seu cão pesa mais de 10Kg ele provavelmente vai ser transportado no compartimento de carga.

Atualmente o compartimento de carga é pressurizado assim como a cabine e possui controle de temperatura, sendo a viagem do seu cão tão confortável quanto a sua. Fique ligado na necessidade do uso de focinheira, alguns cães são obrigados pelas companhias a viajar de focinheira.

cão em caixa de transporte

É necessário usar a focinheira certa, a de passeio, e também ter acostumado seu cão ao uso dela. A caixa de transporte também é de sua responsabilidade, quanto maior o cão maior a caixa, pois ela deve permitir que seu cão consiga ficar de pé e dar um giro de 360°. O material deve ser bem forte e a caixa resistente e bem fechada.

A parte de ventilação não pode permitir que seu cão consiga machucar alguém que segure a caixa, por mais tranquilo que ele seja, essa é uma situação de estresse e ele pode vir a se incomodar com algum dos carregadores.

cão em caixa de transporte

Além disso, o piso não pode permitir que fezes e urina vazem. E todos os seus dados devem estar marcados visivelmente na caixa de transporte. Existem companhias que pedem que o cão seja sedado em viagens mais longas, esteja ciente disso e consulte o veterinário a respeito.

Documentação necessária

Para viagens nacionais é necessário apresentar a carteira de vacinação atualizada, com a múltipla e antirrábica comprovadas. E o tratamento de vermífugo esteja em dia. Além disso tudo, as viagens internacionais precisam que você apresente o Certificado Zoossanitário Internacional, isso significa que seu cão vai precisar passar por uma consulta com um veterinário do Ministério da Agricultura, o processo deve ser agendado e acontece no aeroporto de todas as cidades.

cão e seu passaporte

Também verifique com a companhia se é necessário emitir o passaporte animal para o seu cãozinho, pode ser necessário obter o registro do animal. O tempo de espera para a emissão é de 30 dias, por isso a necessidade de planejamento, leve seu cãozinho e os documentos dele na hora de solicitar o passaporte.

Aproveite para conferir nosso artigo sobre adestramento para cães

Se você vai para outro país, consulte as exigências de lá, eles podem pedir algo a mais para receber o cão e você não quer que seu cãozinho fique preso na alfândega por falta de alguma documentação.

Animais que prestam serviço

Um cão ou outro animal que esteja prestando um serviço e não possa ser separado de seu dono, como um cão-guia, por exemplo, deve ter a carteira de vacinação em dia, mas seu transporte é muito mais fácil.

cao-guia

Tendo em vista que não é cobrado valor adicional, e que o cão é transportado na cabine, sem caixa de transporte nem focinheira e ao lado do tutor na primeira fila do avião. Ainda assim é necessário avisar previamente sobre o transporte do cão, mas deve ser informado que ele estará prestando um serviço.

Existem cães que podem ser recusados?

Sim, mesmo com toda a documentação em dia, existem cães que podem ser recusados. Algumas companhias aéreas se recusam a transportar cães braquicefálicos, isso porque mesmo com todas as condições de conforto que existem hoje para os animais em aviões, esses cães não reagem bem a mudanças de temperatura e podem passar mal em aviões.

cão em caixa de transporte

Existem companhias que também recusam filhotes, fique atento a tudo isso na etapa de planejamento para não ser pego de surpresa.

Como preparar o cão?

Saiba que o transporte de cães de grande e médio porte será mais difícil do que os de pequeno porte, isso porque é permitido que a maioria dos cães de pequeno porte sejam transportados na cabine, e você vai estar lá para acalmá-lo caso ele fique agitado.

No caso de cães que serão transportados no compartimento de cargas, você pode começar um treinamento para que a situação seja menos estranha e estressante para o seu cão. Primeiro acostume seu cão a passar algumas horas dentro da caixa de transporte – aumentando esse tempo cada vez mais, de acordo com o tempo que sua viagem vai levar – você pode deixar algum brinquedo que ele goste muito lá para que ele se familiarize melhor com a viagem.

cão em caixa de transporte

O uso de ar condicionado para simular o frio no voo também pode ajudar, afinal é um pouco mais frio em viagens de avião, e seu cãozinho pode ficar nervoso, um cobertor dentro da caixa também é uma boa ideia.

Já que você provavelmente vai estar se mudando, que tal colocar a caixa de transporte do seu cão em um quarto cheio de caixas da mudança, simulando o local que ele vai ficar no compartimento de carga. Usar o som de um avião decolando para acostumá-lo ao barulho também pode ajudar muito.

Aproveite para conferir nosso artigo sobre Santiago, a Capital dos Cães de rua

Faça tudo isso com antecedência de pelo menos um a dois meses antes da viagem, e siga repetindo essas situações todos os dias, assim o cãozinho vai ficar muito menos estressado com a situação. E deixe um brinquedinho e cobertor que ele goste, dentro da caixa durante a viagem para que ele se sinta mais confortável e tranquilo.


Fonte Oficial: http://webcachorros.com.br/saiba-como-levar-caes-em-viagens-de-aviao/.