Muitos cachorros respiram de dez a trinta vezes por minuto; para gatos, a frequência é de dez  a quarenta vezes por minuto.

Cachorros muito peludos ou que estão fazendo exercícios respiram mais rápido e podem ofegar até duzentas vezes por minuto.

Nos gatos, uma respiração arquejante e de boa aberta são sinais de perigo, por que os gato não ofegam normalmente como uma forma de se resfriar, como os cães.

Se seu gato estiver ofegante ou com a boca aberta, chame o veterinário imediatamente.

Nunca esqueça: cães e gatos saudáveis são alertas e reativos ao que estiver acontecendo ao seu redor. Quando estão machucados ou doentes, seu comportamento é afetado de diversas maneiras.

Quanto mais sério for o problema, menos reação haverá.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA