Hidratação, alimentação, conforto e segurança são alguns dos cuidados essenciais para brincar o São João ao lado do pet de forma memorável para os dois

Sem dúvidas, junho é um mês muito aguardado por aqueles que gostam de forró, comidas de milho e de reunir pessoas amadas. Isto porque, o mês é completamente tomado por um espírito junino com festas temáticas em homenagem a Santo Antônio, São João e São Pedro.

Desta forma, a diversão é garantida, ainda mais se junto com as pessoas que você ama esteja ao lado também do melhor amigo de pelos.

Contudo, para curtir as festas juninas ao lado do cãozinho é necessário ficar atento a alguns cuidados. Hidratação, alimentação, conforto e segurança são alguns dos tópicos essenciais para brincar o São João ao lado do pet e tornar este momento memorável para vocês dois.

Cuidados com cães em festas juninas

São João: Dicas para levar seu cãozinho nas festas juninas

Foto: depositphotos

1. Atenção com a alimentação do seu pet

É comum que em festas de São João as mesas estejam repletas de guloseimas, uma “tentação” não só para os humanos, mas também para os animais. Porém, nem tudo o que os tutores comem pode ser oferecido ao cachorro, por esta razão é importante não deixar se levar pela carinha de pidão do pet. O ideal é que a festa junina também tenha alimentos próprios para os cães.

2. Escolha o conforto do seu amigo peludo

Naturalmente os humanos adotam um estilo diferente nessa época do ano, usam maquiagem caracterizada, vestem roupas xadrez e apostam em acessórios típicos da roça, como chapéus de palha. Da mesma forma que se caracterizam para curtir o São João, também desejam deixar o cãozinho a caráter. Contudo, é importante salientar que algumas peças podem incomodar o cachorro, por isso é necessário escolher bem antes de vestir o animal. Lembre-se que o conforto deve ser sempre mais relevante.

3. Cuidado com o inverno

Durante o mês de junho há uma transição entre o outono e o inverno, por isso trata-se de uma época com temperaturas baixas. Esta também deve ser uma preocupação do tutor com o cachorro, uma vez que é necessário evitar horários em que o frio está com maior intensidade, evitando que o animal apresente alguma reação adversa às temperaturas. Além disso, os cães costumam beber pouca água no inverno e isso pode acarretar em uma desidratação. Portanto, atenção com peludo.

4. Fique em alerta com os fogos

Geralmente os fogos usados no período junino são problemas concretos na vida do cachorro e do tutor. Isto porque a audição dos cães é mais sensível que a dos humanos, então uma simples bombinha típica do São João pode se tornar um forte barulho para os peludos. Sendo assim, certifique-se se o seu melhor amigo canino está seguro e assim curta a festa com ele.

5. Verifique o local da festa

Você foi convidado para uma festa junina e quer levar o cachorro? A melhor maneira de evitar constrangimentos é se certificando que no local é possível entrar com animais. Além disso, confira como é o ambiente, se há espaço para o cachorro se divertir, andar com segurança, comer e beber.

6. Cautela com a música ambiente

Além do cuidado com o barulho dos fogos, você deve se preocupar também com o som da festa. Músicas muito altas e agitadas demais podem causar perturbação auditiva no animal, deixando o peludinho irritado, com medo e inseguro. Se a festa é para ambos, é necessário que todos os convidados estejam a vontade e felizes.

Fonte Oficial: http://www.clubeparacachorros.com.br/tabombando/sao-joao-dicas-para-levar-seu-caozinho-nas-festas-juninas/.