O ato de arranhar é uma atividade felina altamente saudável e faz parte da essência de qualquer gato. Da mesma maneira que o gato se lambe todo, no intuito de higienizar-se (o tão conhecido “banho de gato”), ele também precisa arranhar para que suas unhas sejam aparadas. Há dois motivos principais para o seu gatinho ou gatinha arranhar.
O primeiro motivo é a de se defender, o segundo é a remoção das capas velhas de unhas. As unhas dos felinos nunca param de crescer. Ao crescerem, as unhas formam uma espécie de bainha escameada. Essas películas incomodam os gatos e as gatinhas, portanto, ocorre a necessidade natural de arranhar. Dessa maneira, os felinos aliviam a sua irritação. E, de repente, lá está o gato arranhando o sofá novo da sala, os pés da mesa de jantar, as cortinas da sala de visitas e, muitas vezes, as paredes de seu quarto, as portas do banheiro, etc, etc, etc. Mas, lembre-se, faz parte da natureza de todo felino.

Considerando, então, que o seu gato precisa e vai arranhar alguma coisa, é muito conveniente ensiná-lo, ou melhor, educá-lo a arranhar alguns objetos específicos, facilmente encontrados em lojas para animais (Petshop), conhecidos como “Arranhadores Para Gatos”. Há uma infinidade de produtos à disposição, dos mais variados tipos e dos mais variados preços… Há arranhadores de carpete, de sisal, de madeira, de papelão. Portanto, é preciso estar atento antes de escolher o “melhor” arranhador para o seu gato ou para a sua gatinha.

Toda vez que o felino se sentir irritado com o crescimento de suas unhas, ele naturalmente irá arranhar o “Arranhador” que você escolheu. Da mesma maneira que seu gato se acostuma com o local para fazer suas necessidades fisiológicas, na bandeja de areia, é importante escolher um local definitivo para ser colocado o “Arranhador”, pois quando ele precisar, vai achar facilmente.

Os “Arranhadores Para Gatos” não foram feitos para durarem para sempre, pelo simples motivo de que com o passar do tempo (e dos arranhões) eles se desgastam e se impregnam de sujeiras e cheiros, fazendo com que os felinos passem a repugná-los… Quando notar esse comportamento, é hora de trocar, para a felicidade e saúde de seus amiguinhos. E de sua mobílias, paredes, cortinas, carpetes, etc.

Fonte: Web Animal