Foto: Reprodução | Instagram

O motorista de um trem interrompeu o trajeto para poder fazer o resgate de um cão que andava no meio da linha ferroviária. O caso aconteceu na última quarta-feira (24) na estação de trem Morris & Essex, na cidade de Nova Jersey, nos Estados Unidos.

Howard Kempton, motorista do trem, foi avisado pela equipe da NJ Transit de que havia um cão vagando pelos trilhos e que se não fosse salvo rapidamente ele poderia morrer em um grave acidente.

O animal vagava perto da estação de South Orange e assim que se aproximou desse local o motorista parou o transporte para descer e resgatar o animal.

O homem usou sua gravata como guia e levar o cão a bordo do vagão sã e salvo. Os passageiros do veículo ficaram agitados com o resgate inusitado do animal e queriam descobrir quem era o animal que causou tanta confusão.

Na coleira do cão havia informações e descobriam que se tratava de uma fêmea com o nome Shelby e ela não vivia nas ruas. Um passageiro telefonou para a tutora do animal, pois o número constava na coleira, e contou o que havia se passado. Ela foi buscar o seu cão na estação Summit.

Segundo informações, o cão teria escapado da sua tutora, Judy Karamessinis, após a coleira quebrar durante uma caminhada pela South Moutain Reservatin, um parque ao nordese de Nova Jersey.

“Procurei-a por duas horas antes de receber a ligação”, disse ela a um jornal local. “Vocês são heróis e eu sou eternamente grata.”

Leia mais em: https://www.anda.jor.br/2018/10/trajeto-de-trem-e-interrompido-para-salvar-cao-preso-trilhos/.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.