Moscou  Uma ursa polar faminta, que foi recolhida nesta semana depois de se perder e ir parar em uma cidade do norte da Rússia a centenas de quilômetros de seu habitat natural, foi levada a um zoológico da cidade siberiana de Krasnoyarsk nesta sexta-feira (21) para ser tratada.

A fêmea de dois anos apareceu, esfomeada e exausta, em Norilsk, cidade do norte russo, no domingo.

 

Ela adoeceu e quase morreu após procurar alimento em uma pilha de lixo  e precisava de tratamento urgente. As informações são da petroleira Rosneft, que atua na região, em um comunicado.

A empresa disse que participou da operação para transportar a ursa de Norilsk a Krasnoyarsk. “Ela está recebendo todo o tratamento necessário e alimentação saudável”, informou.

A mudança climática vem danificando os habitats no gelo marítimo em que os ursos polares vivem e obrigando-os a buscar alimentos nas áreas urbanas com maior frequência.

Não ficou claro como o animal foi parar em Norilsk, mas Oleg Krashevsky, especialista local em vida selvagem, disse ser possível que ele tenha simplesmente se perdido. Ele contou que a ursa estava com os olhos úmidos e que é evidente que não enxerga bem.

Fonte: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.