O parlamentar levou em consideração as pessoas que possuem animais e, nem sempre, podem comprar medicamentos

Assim como acontece entre os humanos, quando o seu cachorrinho de estimação adoece, uma verdadeira enxurrada de preocupação recai sobre o tutor. Com o propósito de tratá-los da melhor forma, as pessoas que têm condição financeira confortável conseguem levar os cachorros para veterinários e também arcar com o custo dos medicamentos, muitas vezes, indispensáveis para recobrar a saúde do melhor amigo.

Porém, uma solução para minimizar os gastos com os medicamentos usados nos tratamentos dos cachorros está prestes a ser aprovada. Isso porque, na Câmara Municipal do Recife, Capital de Pernambuco, um vereador criou um Projeto de Lei que autoriza a criação de farmácias veterinárias populares na cidade para vender medicamentos a preços subsidiados.

Para que tudo seja viabilizado da melhor forma possível, a proposta, de autoria do vereador Romero Albuquerque (PP), prevê que seja criado convênio entre o município e esses estabelecimentos para que o preço repassado pela venda dos medicamentos de uso veterinário sejam subsidiados. A Lei, de número 984/2017, já está em tramitação na Casa José Mariano.

Vereador quer criar farmácia que visa vender medicamentos veterinários a preços populares

Foto: depositphotos

Justificativa

Na justificativa do projeto, o vereador diz ter levado em consideração as pessoas que possuem a guarda de animais e, nem sempre, têm condições de arcar com os altos valores dos medicamentos veterinários. “Diariamente recebemos pedidos para doação dessa medicação e ouvimos relatos de pessoas que acabam deixando seus animais, quando doentes, sofrerem, sem tratamento adequado, chegando a óbito, ou abandonando-os nas ruas nessas condições”, salientou o edil.

Caso seja aprovado, a supervisão direta e imediata ficará a cargo da Secretaria Executiva dos Direitos dos Animais (SEDA), da Secretaria de Saúde do Recife e da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento. Dessa forma, essas entidades indicarão os medicamentos que poderão ser vendidos nas farmácias populares. Para que a lista seja montada, os envolvidos levarão em consideração as evidências epidemiológicas e prevalências de doenças.

Onde encontrar

Caso o texto seja aprovado, a venda dos medicamentos de uso veterinário serão encontrados nos estabelecimentos privados que possuírem convênio com o município. Uma das exigências será a presença permanente de um médico veterinário, para que o medicamento seja prescrito com segurança e responsabilidade.

Sobre o custo dos medicamentos

Por incrível que possa parecer, o alto valor cobrado nos medicamentos de uso veterinário está relacionado à carga tributária que incide sobre ele. Os medicamentos já saem de fábrica com os valores elevados, sobretudo se comparado aos usados pelos humanos. Outra justificativa para isso vem das pesquisas específicas que são realizadas para a obtenção dos medicamentos.

Fonte Oficial: http://www.clubeparacachorros.com.br/noticias/vereador-quer-criar-farmacia-que-visa-vender-medicamentos-veterinarios-a-precos-populares/.