Apesar de terem pelos pelo corpo, os pets ficam mais desprotegidos e vulneráveis a desenvolver problemas de saúde

O período mais frio do ano está chegando. Mesmo sendo um país tropical, alguns cantinhos do Brasil esfriam para valer! Quando anoitece, até mesmo aquelas cidades mais quentes ficam com clima mais ameno. Essa queda na temperatura também afeta nossos bichinhos.

Apesar de terem pelos pelo corpo, os pets ficam mais desprotegidos e vulneráveis a desenvolver problemas respiratórios. Os animais mais velhos, que já possuem hérnia de disco ou artrose, também podem ter esses incômodos agravados.

Segundo o blog Mais bichos, do Correio Brasiliense, a veterinária Marina Bueno deu algumas dicas para proteger nossos bichos durante esse período do ano. A especialista afirmou: “temos um aumento na incidência de algumas doenças como a traqueobronquite canina, rinotraqueíte viral felina e problemas osteoarticulares, principalmente nos animais idosos. Devemos prevenir e ficar atentos às mudanças de comportamento do animal”.

Veterinária orienta sobre os cuidados necessários com o cão durante o frio

Foto: depositphotos

Por isso, a profissional deu as seguintes dicas para manter a saúde do seu cachorro em dia durante o outono e inverno:

– Quando você for dar banho no seu bichinho tenha cuidado com o choque térmico que ele pode sofrer ao sair para rua logo em seguida. Amorne a água e jamais deixe-o molhado, para isso use um secador, mas esteja atento (a) à temperatura do mesmo para não queimar a pele do animal;

– Dê todas as vacinas no seu pet. Elas o protegem de doenças e problemas como gripes e infecções;

– Se o seu animalzinho tem pelos curtos, você pode usar uma roupinha nele. Desde que ele se adapte bem ao acessório. Caso ele não aceite, não insista. Providencie cobertas quentinhas e coloque na casinha dele;

– Não passeie com seu pet nos dias de chuva. Dê preferência aos dias mais quentes;

– Assim como nós humanos, os dias frios são mais convidativos a ficarmos na cama dormindo. Os animais se comportam dessa forma também e com um agravante: eles comem menos. Por isso, fique atento se o seu bichinho está se alimento direito, principalmente quando eles são idosos ou filhotes;

– Evite dar comida gelada para o seu bicho. Se a comida dele depois de aberta fica na geladeira, procure retirá-la horas antes das refeições para evitar que eles fiquem resfriados;

– Observe como estão as mantinhas do seu pet para evitar que a umidade cause mofo ou outras contaminações. Isso pode deixá-lo doente e fragilizado. Sempre que o sol aparecer, coloque tudo sob o sol para garantir a higiene dos mesmos.

Fonte Oficial: http://www.clubeparacachorros.com.br/tabombando/veterinaria-orienta-sobre-os-cuidados-necessarios-com-o-cao-durante-o-frio/.