Um time composto por especialistas da Royal Veterinary College, WCS, Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura e Universidade de Medicina Veterinária de Viena publicou uma carta na revista Science sobre a ameaça do vírus peste des petits ruminants (PPR) para conservação.

O PPR ataca ovinos e caprinos, desestabilizando a biodiversidade por onde passa. Eventos recorrentes de mortalidade em massa em estepes selvagens e montanhas do Oriente Médio e do leste da Ásia causam preocupação.

Mais de dois terços da saiga da Mongólia, uma espécie de antílope, morreu em 2017 por conta do vírus.

Para melhor compreender a doença e combatê-la, um grupo de profissionais da conservação e da saúde está em montagem. Os autores da carta alertam para a necessidade urgente de incluir a proteção da vida silvestre como um objetivo da campanha de erradicação global do PPR.

Vírus põe em risco espécies | Foto: Pixabay

Leia mais em: https://www.anda.jor.br/2018/10/virus-ameaca-conservacao-da-biodiversidade/.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.