Uma vistoria feita na manhã desta segunda-feira (3) por uma equipe de biólogos, veterinários e técnicos no Zoológico do Rio de Janeiro, situado nas instalações da Quinta da Boa Vista, onde está localizado o Museu Nacional, concluiu que o incêndio que destruiu o museu por completo não atingiu os animais do zoológico.

Animais não foram afetados pelo incêndio que destruiu o Museu Nacional (Foto: Bruno Albernaz / G1)

De acordo com o biólogo de educação ambiental Marco Massao, “a preocupação era com a inalação de fumaça”. No entanto, como o vento estava soprando para o lado oposto ao zoo, os animais não tiveram a saúde afetada. As informações são do portal G1.

“Quando vi o noticiário na TV, a primeira coisa que pensei foi trocar de roupa e vir para o zoológico. O risco de inalação seria o maior problema. Faríamos um remanejamento, autorizado pelo Ibama, mas não foi necessário”, contou o presidente do Grupo Cataratas, Bruno Marques.

Uma vistoria também foi feita no local na noite de domingo. “Eram mais de 15 pessoas aqui ontem para vistoriar tudo. Três biólogos, dois veterinários, mais uma equipe completa de prontidão que estavam avisados. Nossa maior preocupação foi a fumaça, mas como o vento estava para o lado oposto, graças a Deus não tivemos nenhum dano ao parque”, explicou o biólogo Anderson Mendes.

Museu Nacional foi destruído pelo fogo (Foto: Bruno Albernaz / G1)

Nota da Redação: o incêndio que atingiu o Museu Nacional não só expõe o descaso do poder público com a educação e a cultura no Brasil, como também demonstra o desinteresse dos governantes em zelar pelo bem-estar animal. Isso porque o sucateamento do museu colocou em risco a própria instituição, que foi completamente destruída pelo fogo, e também ameaçou a vida de animais – tanto os que vivem soltos no entorno, quanto os que são mantidos em condição de aprisionamento no zoológico, privados da liberdade, sendo explorados para entretenimento humano.

Leia mais em: https://www.anda.jor.br/2018/09/vistoria-conclui-incendio-museu-nacional-nao-afetou-animais-de-zoo/.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.