São Paulo — O Walmart, um dos maiores varejistas em operação no País, anunciou compromisso de eliminar a venda de ovos de galinhas submetidas a confinamento em gaiolas para todas as operações no Brasil. A rede de supermercados, que tem 471 lojas físicas distribuídas em 18 Estados do País e no Distrito Federal, firmou o seguinte compromisso: 100% dos ovos comercializados pela empresa serão provenientes de sistemas livres de gaiolas, e a transição será completada até 2028.

O anúncio se deu após negociações com a Mercy For Animals, maior organização do mundo com foco na proteção e defesa de animais considerados de consumo, e outras ONGs que atuam na causa. “A Mercy For Animals reconhece a iniciativa do Walmart, que por meio desse compromisso demonstra estar atento às novas demandas dos seus consumidores, cada vez mais preocupados com a origem dos seus alimentos e com a questão do sofrimento dos animais”, afirma em comunicado Sandra Lopes, diretora executiva da Mercy For Animals no Brasil.

No comunicado, a Mercy for Animals afirma que empresas líderes de mercado já estão comprometidas a não mais operar com ovos de galinhas confinadas em gaiolas em suas cadeias de suprimentos.

Ao todo, mais de 100 empresas já anunciaram políticas nesse sentido no Brasil, entre elas McDonald’s, Burger King, Subway, Spoleto, Forno de Minas, Unilever, Danone, Nestlé, entre muitas outras.

Fonte: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Clube dos Animais.